Timo Werner desencanta na Premier League, mas Chelsea só empata com Southampton
Foto: Divulgação/Chelsea FC

Invicto há cinco partidas, o Chelsea tropeçou mais uma vez na Premier League em jogo realizado neste sábado (17) no Stamford Bridge. A equipe de Londres ficou no 3 a 3 com o Southampton.

O destaque da partida foi Timo Werner, autor de dois gols e uma assistência. Ele esteve perto de anotar um hat-trick, mas a primeira bola que entrou na rede não valeu porque o VAR assinalou posição de impedimento do camisa 11.

Este foi o quinto jogo do alemão na Premier League. Ele não havia marcado até então, mas conseguiu colocar o Chelsea na frente com dois gols em 30 minutos. O primeiro nasceu após infiltração de Chilwell, que lançou Werner em velocidade pela ponta esquerda. O alemão esbanjou habilidade, encarou a defesa adversária livrando-se da marcação para abrir o placar.

Werner mostrou que estava em um dia inspirado ao marcar o segundo gol, um lance em que ele matou no peito, deu um chapéu no goleiro do Southampton e estufou a rede. O alemão circulava pelos dois lados, deixando Havertz mais centralizado, Mount e Pulisic pelas pontas.

Com 2 a 0 no placar, o Chelsea dificultava a saída de bola e adiantava a marcação, enquanto o Southampton trocava passes no campo de defesa.

No final do primeiro tempo a dupla Che Adams e Danny Ings começou a encaixar. O camisa 9 descontou aos 43 minutos, ao receber uma assistência do companheiro de ataque, limpar Kepa e tocar para o gol.

O time da casa conseguiu controlar o início da partida - foram dez finalizações do Chelsea e apenas quatro do Southampton nos primeiros 45 minutos. No entanto, a equipe caiu de produção depois do intervalo e sofreu o empate aos 12 minutos, com Che Adams. No lance, Zouma recuou mal uma bola para trás, Kepa e Christensen tentaram afastar mas quem pegou a bola foi o camisa 10, que bateu de pé direito e deixou tudo igual.

O gol sofrido fez o time mandante entrar no jogo, e dois minutos depois os Blues marcaram o terceiro após uma triangulação entre Pulisic, Werner e Kai Havertz. O artilheiro alemão desta vez virou garçom, apareceu na ponta direita e tocou para o compatriota, que se posicionou como centroavante e quando recebeu a bola só empurrou para o gol. Este foi o primeiro do ex-jogador do Bayer Leverkusen na Premier League.

O gol de Havertz foi uma das duas finalizações do Chelsea no segundo tempo - a outra saiu para fora. O Southampton por sua vez arrematou nove vezes. Apesar do volume e do equilíbrio na posse de bola, o gol não saía, então na reta final da partida o técnico Ralph Hasenhüttl tentou mudar a história com três substituições em dez minutos. 

A insistência dos Saints deu certo: nos acréscimos, aos 47, Walcott mandou a bola na área e o zagueiro  Jannik Vestergaard cabeceou firme para deixar tudo igual em Londres.

Classificação e próximos jogos

O empate deixou o Chelsea fora do G5. Com oito pontos, os Blues caíram para o sexto lugar, enquanto o Southampton ocupa a 10ª posição com sete pontos.

Frank Lampard não tem muito tempo para lamentar. A equipe volta a campo já na terça-feira (20) para encarar o Sevilla na estreia da fase de grupos da UEFA Champions League.

Já o Southampton tem a semana livre de treinos visando o confronto diante do Everton no domingo (25) pela Premier League.

VAVEL Logo