Roma aproveita vantagem numérica, bate HJK e conquista primeira vitória na Europa League
Foto: Divulgação / A.S Roma

Nesta quinta-feira (15), a Roma desencantou no segundo tempo contra o HJK Helsinki, quando já tinha um jogador a mais, e aplicou 3 a 0 pela Europa League, no Estádio Olímpico, com isso se recuperando na competição.

Contando com a expulsão de Miro Tenho ainda na etapa inicial, os romanos tiveram a vida facilitada e na segunda etapa Dybala, Pellegrini e Belotti marcaram para garantir o triunfo dos romandos diante de sua torcida

Tenho é expulso, mas o placar não sai do zero

O jogo começou até equilibrado, com as duas equipes mostrando disposição de se aventurar no ataque, porém o HJK já sofreu o primeiro baque aos 15 minutos. Lingman realizou um passe errado no campo de defesa e, Tenho teve que se virar para derrubar o Belotti, na entrada da grande área. No primeiro momento o árbitro só deu amarelo, mas o VAR o chamou e ele viu que o atacante romano era o último homem, portanto o defensor foi para a rua mais cedo.

Mesmo com um a menos, a equipe finlandesa se portou bem. Na chegada mais perigosa até então, Hoskonen adentrou na grande área e cabeceou, a bola passou rente a trave. A Roma respondeu com o Pellegrini também de cabeça, mas foi para a linha de fundo. 

Apenas por volta dos 40 minutos que o time romano tomou conta do confronto e fez uma blitz no final da primeira etapa. Primeiramente com Cristante, que arriscou colocado e o goleiro Hazard espalmou para fora. No escanteio seguinte, outra chance em um levantamento onde Belotti deu de peixinho e a bola passou perto do travessão. Entretanto, de nada adiantou e o marcador terminou mesmo zerado antes do intervalo.

Roma passa por cima e garante a vitória

Não deu tempo nem do time escandinavo se assentar no segundo tempo, já que, logo aos dois minutos, a Roma fez prevalecer a superioridade numérica. Em boa triangulação entre o Spinazzola, Pelegrini e Dybala, o argentino emendou de primeira e colocou no cantinho da meta, abrindo marcador: 1 a 0.

A partir desse momento, a defesa do HJK ficou escancarada e o segundo era questão de tempo. Pouco tempo depois, Zaniolo recebeu um ótimo lançamento na esquerda e cruzou em direção ao Pellegrini que de barriga mandou para o fundo da rede: 2 a 0.

E as oportunidades continuavam. Matic pegou quase do meio do campo e arriscou, mas o goleiro Hazard afastou para escanteio. Aos 22, o Helsinki não teve capacidade de segurar e o terceiro foi sacramentado. Em jogada pela esquerda, Zaniolo fintou a marcação e botou rasteiro nos pés de Belotti que só empurrou para o gol: 3 a 0.

Na reta final, os donos da casa preferiram ficar mais com a posse da bola, administrando a grande vantagem. Uma falta batida por Abraham, que passou por cima, e em finalização de Dybala, que parou no goleiro, a Roma ameaçou, mas o placar se manteve e os giallorossi saíram com a primeira vitória no torneio europeu.

Sequência

Agora as equipes terão três semanas de pausa na Liga Europa e apenas no dia 6 de outubro as emoções retornam. A Roma é a terceira colocada da chave, com três pontos, e recebe o Bétis, enquanto o Helsinki é o lanterna e enfrenta o Ludogorets, também em seus domínios.

VAVEL Logo