Com CR7, Dybala e Ibra, revista France Football começa a divulgar nomes à Bola de Ouro

Publicação irá anunciar outros indicados ao longo desta segunda-feira (24)

Com CR7, Dybala e Ibra, revista France Football começa a divulgar nomes à Bola de Ouro
Agüero, Aubameyang, Bale, Buffon e Ronaldo: os primeiros cinco indicados (Foto: Divulgação/France Football)

A revista francesa France Football começou a divulgar, nesta segunda-feira (24), os primeiros candidatos ao prêmio Bola de Ouro de 2016. Sergio Agüero (Manchester City), Pierre-Emerik Aubameyang (Borussia Dortmund), Gareth Bale (Real Madrid), Gianluigi Buffon (Juventus) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid) foram os primeiros a serem anunciados.

Logo depois, a revista divulgou mais dez candidatos: Kevin De Bruyne (Manchester City), Paulo Dybala (Juventus), Diego Godín (Atlético de Madrid), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Gonzalo Higuaín (Napoli/Juventus), Zlatan Ibrahimovic (PSG/Manchester United), Andrés Iniesta (Barcelona), Koke (Atlético de Madrid), Toni Kroos (Real Madrid) e Robert Lewandowski (Bayern de Munique). A revista está revelando, de duas em duas horas, cinco nomes indicados ao troféu.

Esta será a primeira premiação somete da France Football após o rompimento com a Fifa, anunciado em setembro deste ano. O prêmio Bola de Ouro foi criado em 1956 pela publicação francesa para nomear o melhor jogador europeu do ano. Os votos ficam a cargo de jornalistas. A partir de 1995 o prêmio passou a receber indicações de atletas de outro continente.

Em 2010, a France Football se uniu à Fifa e criaram o prêmio de melhor do mundo “Bola de Ouro Fifa”. Com a junção, técnicos de seleções também tiveram direito a voto. A edição deste ano, contudo, não terá a participação da entidade que governa o futebol mundial, visto que não houve renovação do contrato de acordo. Após a troca de presidentes da Fifa – saiu Joseph Blatter e entrou Gianni Infantino –, a revista francesa solicitou € 5 milhões (R$ 17,5 milhões) à entidade para manter a parceria, proposta que acabou recusada pelo sucessor de Blatter.

Desde a parceria entre France Football e Fifa, apenas dois jogadores conseguiram levar o prêmio para casa. Lionel Messi, do Barcelona, venceu as edições de 2010, 2011, 2012 e 2015. Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, saiu triunfante nos únicos dois anos que Messi não ganhou, 2013 e 2014.

Devido à conquista da Eurocopa 2016 com a seleção de Portugal, além de vencer a Uefa Champions League 2015/16 com o Real Madrid, Cristiano Ronaldo desponta como favorito ao troféu.