Em sua 'segunda decisão' no mês, Juventus encara Olympiacos por classificação no Grupo D da UCL

Após importante vitória contra o Napoli pela Serie A, equipe italiana busca triunfo em segundo grande desafio de sua "maratona de decisões"

Em sua 'segunda decisão' no mês, Juventus encara Olympiacos por classificação no Grupo D da UCL
(Foto: Pier Marco Tacca/Getty Images)
Olympiacos
Juventus
Olympiacos: Proto; Elabdallaoui, Nikalaou, Engels, Koutris; Romao, Tachsidis, Fortounis; Marin, Pardo; Djurdevic. Técnico: Takis Lemonis.
Juventus: Szczesny; De Sciglio, Barzagli, Benatia, Alex Sandro; Khedira, Marchisio, Matuidi; Douglas Costa, Dybala, Higuain. Técnico: Massimiliano Allegri.
ÁRBITRO: David Fernández Borbalán (ESP).
INCIDENCIAS: Partida válida pela última rodada da fase de grupos da Uefa Champions League 2017/18, a ser realizada no Estádio Karaiskákis, em Atenas, na Grécia.

A Juventus abriu o mês de dezembro com uma vitória maiúscula no Estádio San Paolo, sobre o até então líder da Serie A, Napoli. Nesta terça-feira (5), às 17h45, a equipe de Turim já encara a sua segunda 'decisão' na temporada, desta vez pela Uefa Champions League 2017/18.

No Estádio Karaiskákis, em Atenas, a Vecchia Signora buscará a sua classificação às oitavas de final da principal competição do continente. Dependendo só de seus próprios esforços, os italianos garantem a classificação com uma vitória simples sobre o lanterna do Grupo D, Olympiacos.

Já eliminados e sem qualquer chance de 'beliscar' o terceiro lugar, posição que classifica à Uefa Europa League, os gregos jogarão por sua honra. Diante de seus fanáticos torcedores, o clube de maior torcida no país promete fazer jogo duro contra os atuais hexacampeões italianos.

No outro confronto do grupo, Barcelona e Sporting se enfrentam no Camp Nou. Os blaugranas já estão garantidos com a primeira posição do grupo, sendo o time português o único adversário da Juve na luta pelo segundo lugar. Os Leões avançam com uma vitória na Espanha e qualquer tropeço bianconero na Grécia.

Allegri: "primeiro objetivo da temporada"

(Foto: Daniele Badolato - Juventus FC via Getty Images)

Classificando a partida contra o Olympiacos como o primeiro grande objetivo da temporada, Massimiliano Allegri rechaçou qualquer discurso de 'missão fácil' contra o rival já eliminado. Para o treinador juventino, o duelo na Grécia será dificílimo e exigirá muita paciência e determinação de seus comandados.

"Este jogo é o primeiro objetivo da temporada. Há tempo para se recuperar na Serie A, mas não há possibilidade de recuperação caso sejamos derrotados na Grécia. É um jogo complicado, ainda mais que viemos de uma batalha contra o Napoli. Precisamos ser muito atentos e pacientes, e encará-los com a atitude correta, com grande respeito. Não podemos pensar no que está acontecendo na Espanha", declarou.

Mais uma vez na temporada, a Vecchia Signora não poderá entrar em campo com a escalação considerada"ideal". Massimiliano Allegri confirmou algumas baixas importantes e apontou seus prováveis substitutos.

"Pjanic está com fadiga muscular e Buffon tem um problema na panturrilha. Precisaremos avaliá-los antes da partida, pois não posso arriscar um jogador e perdê-lo por mais partidas. Szczesny e Marchisio devem atuar. Higuaín estará em campo, e Mandzukic retorna aos convocados", concluiu.

Outro desfalque inesperado é zagueiro Chiellini, com problemas estomacais. Desta forma, a Juventus deve entrar em campo com: Szczesny, De Sciglio, Benatia, Barzagli, Alex Sandro; Matuidi, Khedira, Marchisio; Douglas Costa, Dybala e Higuaín.

Lemonis: "A Juventus pode ser batida"

(Foto: Dimitris Lampropoulos/NurPhoto via Getty Images)

Mesmo eliminado, o discurso no Olympiacos não é nada derrotista. Takis Lemonis, treinador da equipe grega, afastou qualquer possibilidade de sua equipe entrar em campo 'sem pretensões' e ressaltou a importância de se despedir da competição europeia com uma vitória diante dos fãs.

"É muito importante, antes de tudo, jogarmos bem. Todo jogo de Champions League é importante, mesmo que não possamos mais nos qualificar às oitavas. Para nós, é fundamental conquistarmos os três pontos diante de nossos torcedores. Jogaremos contra um grande adversário, mas a Juventus pode ser batida. O Olympiacos pode vencer qualquer equipe", afirmou.

O comandante prometeu surpresas e um comportamento diferente de seus jogadores no jogo desta terça: "Teremos uma atitude um pouco diferente neste jogo, definitivamente mudarei algo no estilo e na nossa filosofia de jogo, mas não posso dar nenhum detalhe agora", concluiu.

Provável escalação: Proto; Elabdallaoui, Nikalaou, Engels, Koutris; Romao, Tachsidis, Fortounis; Marin, Pardo; Djurdevic

Curiosidades do confronto

A última vitória grega contra a Juve veio na fase de grupos de 2014/15 (Foto: Aris Messinis/AFP/Getty Images)

Esta é a 18ª participação das duas equipes na fase de grupos da Uefa Champions League. Jogando em casa contra italianos, o Olympiacos tem um retrospecto de três vitórias, três empates e quatro vitórias. O recorde juventino atuando na Grécia é bastante parecido: quatro vitórias, três empates e quatro derrotas.

Nos últimos seis embates entre as equipes, foram quatro vitórias da Juventus e dois triunfos do Olympiacos. A última vitória dos gregos no confronto aconteceu na fase de grupos da Champions League 2014/15: 1 a 0, em Atenas.

Considerando competições europeias, os donos da casa ganharam somente três dos últimos 13 compromissos no Estádio Karaiskákis, empatando seis e perdendo quatro.