Sem Evra e com Lacazette, Deschamps convoca França para amistoso e inicio das Eliminatórias

Técnico francês inicia caminhada rumo a Copa do Mundo 2018 com três novidades; França encara a Itália em amistoso e pega a Bielorrússia pelas eliminatórias

Sem Evra e com Lacazette, Deschamps convoca França para amistoso e inicio das Eliminatórias
Foto: Divulgação/FFF

O técnico Didier Deschamps anunciou nesta quinta-feira (25) a lista de convocados para os próximos dois jogos da Seleção Francesa, que inicia sua caminhada rumo à Copa do Mundo da Rússia após perder a final da Europa – em casa – para Portugal. O treinador convocou três novidades e deixou um experiente jogador de fora.

A lista de 23 jogadores é par aa próxima data Fifa. Na quinta-feira (1º), a França encara a Itália em amistoso internacional no Stadio Comunale San Nicola, em Bari. Na terça-feira (6), os franceses encaram a Bielorrússia, fora de casa, em partida válida pela primeira rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo, iniciando o Grupo A. O primeiro colocado vai para a Copa e o segundo para a repescagem.

Confira a lista de convocados:

Goleiros: Alphonse Areola (Paris Saint-Germain), Benoit Costil (Rennes), Steve Mandanda (Crystal Palace)

Defensores: Sebastien Corchia (Lille), Lucas Digne (Barcelona), Laurent Koscielny (Arsenal), Layvin Kurzawa (Paris Saint-Germain), Adil Rami (Sevilla), Djibril Sidibe (Monaco), Samuel Umtiti (Barcelona), Raphael Varane (Real Madrid).

Meio-campistas: Yohan Cabaye (Crystal Palace), N'Golo Kante (Chelsea), Blaise Matuidi (Paris Saint-Germain), Dimitri Payet (West Ham), Paul Pogba (Manchester United), Moussa Sissoko (Newcastle).

Atacantes: Nabil Fekir (Lyon), Andre-Pierre Gignac (Tigres), Olivier Giroud (Arsenal), Antoine Griezmann (Atletico Madrid), Alexandre Lacazette (Lyon), Anthony Martial (Manchester United).

O experiente Evra ficou de fora da lista. Um dos principais nomes da defesa dos Bleus, o lateral esquerdo chegou a ser capitão da seleção na Copa de 2010 e era titular absoluto até o fim da Eurocopa. Em entrevista coletiva, Deschamps comentou o assunto: “É importante dar tempo de jogo e responsabilidade para os jogadores mais jovens. Eu tenho que pensar na Copa do Mundo no prazo de dois anos.

Dechamps chamou os laterais Djibril Sidibé, que pode atuar em ambos os lados, e Sebastien Corchia, um jovem ultraofensivo. Eles estão na lista da seleção principal pela primeira vez na carreira, assim como Alphonse Areola. Com a lesão de Lloris, o goleiro do PSG – que foi titular durante a pré-temporada – foi convocado.

Raphael Varane, que perdeu a Eurocopa por lesão, voltou a ser chamado. Outras novidades são os retornos de Alexandre Lacazette e Nabil Fekir, ambos do Lyon. Mais uma vez sem Benezam, Gignac e Giroud brigarão pela posição de titular.

Sobre Benzema, Deschamps disse: “Ele não está banido por toda a vida, mas vamos deixar o tempo seguir seu curso. Karim Benzema pode ser convocado, mas esta não é a hora dele voltar. Para ser honesto, mesmo que ele estivesse disponível hoje (de dor no quadril), eu não teria chamado.