Com Icardi, Sampaoli anuncia primeira convocação como técnico da Argentina

Treinador chega para substituir recém-demitido Edgardo Bauza; Lista de convocados traz inúmeras novidades

Com Icardi, Sampaoli anuncia primeira convocação como técnico da Argentina
Jorge Sampaoli deixa Sevilla para comandar Albiceleste (Foto: Power Sport Images/Getty Images)

No futebol, o tempo é precioso. E podemos dizer que Jorge Sampaoli não perdeu tempo em sua primeira ação como treinador da Seleção Argentina. Poucas horas depois de conceder entrevista coletiva, onde confirmou seu desligamento oficial do Sevilla ao final da temporada, a Associação do Futebol Argentino (AFA) divulgou o que seria a primeira lista de convocados do treinador.

Apesar dos episódios recentes apontarem para o "casamento" entre Seleção Argentina e Sampaoli, é importante lembrar que ainda não houve anúncio oficial. O treinador segue aguardando desfecho do imbróglio entre o Sevilla e a Federação.

Leia mais em: Sampaoli anuncia saída do Sevilla para assumir a Argentina

A Argentina terá dois amistosos no mês de junho, diante da Seleção Brasileira e da Seleção de Cingapura. Apesar dos jogos fazerem parte do calendário oficial das seleções, será uma boa oportunidade para o novo treinador se ambientar e testar novas peças. Não a toa, a convocação oficial contém inúmeras novidades.

A lista de 20 nomes traz sete estreantes: Salvio, Mammana, Paredes, Lanzini, Guido Rodríguez, Alejandro "Papu" Gómez e Joaquín Correa. Mauro Icardi, um dos destaques da Serie A nesta temporada, também pode ser considerado "novidade" na albiceleste, tendo em vista que defendeu a Argentina em apenas uma ocasião, em 2013.

Alguns nomes de destaque e renome no futebol argentino ficaram de fora da lista, dentre eles os atacantes Lucas Pratto (São Paulo), Sergio Agüero (Manchester City) e Ezequiel Lavezzi (Hebei China Fortune).

Lista de convocados

Goleiros: Sergio Romero (Manchester United), Guzman (Tigres-MEX), Rulli (Real Sociedad)
Defensores: Mascherano (Barcelona), Mammana (Lyon), Mercado (Sevilla), Otamendi (Manchester City)
Volantes/meias: Salvio (Benfica), Biglia (Lazio), Banega (Inter de Milão), Lanzini (West Ham), Paredes (Roma), Guido Rodríguez (Tijuana)
Atacantes: Messi (Barcelona), Higuaín (Juventus), Joaquín Correa (Sevilla), Alejandro Gómez (Atalanta), Mauro Icardi (Inter de Milão), Di María (Paris Saint-Germain), Dybala (Juventus)