Conte comenta derrota sobre o Burnley em casa: "Agora temos de trabalhar"

Técnico também comentou sobre a expulsão de Cahill

Conte comenta derrota sobre o Burnley em casa: "Agora temos de trabalhar"
Foto: Dan Mullan/Getty Images

Atual campeão da Premier League, o Chelsea não estreou nada bem na tentativa de defender o título de 2016/17. Em casa, a equipe teve um péssimo primeiro tempo e perdeu para o Burnely por 3 a 2 em pleno Stamford Bridge. O clube londrino foi o único derrotado na primeira rodada dos que são favoritos ao título. 

Porém, o chave já parece estar virada no time azul de Londres. O técnico italiano e do Chelsea Antonio Conte já pensa na rodada que vem, lembrando dos desfalques mas sem deixar o desânimo tomar conta. "Agora temos de trabalhar, sabemos disso. Não estou preocupado porque temos que confiar no nosso trabalho. Hoje, três jogadores estiveram machucados, Peter, Hazard e Bakayoko. Não sei se Pedro estará recuperado para o próximo jogo, mas com certeza já temos dois de fora: Cahill e Fabregas."

Cahill foi assunto da entrevista pós-jogo. O zagueiro e um dos principais pilares do time foi expulso ainda na primeira etapa, assim dando espaço para o time visitante abrir 3 a 0. Para Conte, a saída precoce do zagueiro foi crucial no resultado. 

"Com certeza, foi um momento-chave porque, depois do cartão vermelho de Gary (Cahill), perdemos a compostura e concedemos três gols. Pode acontecer, esse tipo de situação, mas devemos prestar atenção e pensar que há todo o resto do jogo para tentar o nosso melhor. Em vez disso, concedemos três gols e, no segundo tempo, foi muito difícil mudar o resultado", ressaltou o italiano.

Durante a partida, entrou o francês Jeremie Boga, atleta de 20 anos de idade que já foi emprestado pelo Chelsea em duas oportunidades (Rennes-FRA e Granada-ESP). Conte relativizou a apagada atuação do meia, mas explica motivo. "É impossível julgar o desempenho de Boga como apenas 16 minutos. Foi uma pena porque ele é jovem e tem qualidade. Foi uma pena mudar o sistema para tentar encontrar uma solução diferente, mas com certeza no futuro ele poderia ter outra chance".

O Chelsea volta a campo no próximo domingo (20) para mais uma partida em Londres. No Wembley, os blues enfrentarão o Totteham às 12h. O time de Mauricio Pocchetino vem de vitória na estreia contra o Newcastle por 2 a 0.

 

Inglaterra