Com a saída de Muricy, Grêmio vê oportunidade para a segunda vitória no Brasileirão
(Foto: Divulgação/Lucas Uebel/ Site Oficial do Grêmio)

O Grêmio não terá força máxima contra o Santos, neste sábado (01). O único desfalque fica por conta do volante Fernando, que serve à Seleção Brasileira. Já por parte do time da Vila Belmiro, a equipe não terá mais o comando do técnico Muricy Ramalho, demitido nesta sexta-feira (31).

Para suprir a ausência do volante titular, Vanderlei Luxemburgo chegou a treinar com Marco Antônio improvisado. Porém, o meia sofreu um edema muscular na coxa e para por 10 dias. Com mais um desfalque, o técnico colocará em campo Adriano, que volta de lesão e está sem ritmo de jogo, pois não atua desde o dia 18 de março; o comandante chamou o jovem Ramiro, da base, para viajar juntamente com a delegação para Santos, que torna-se uma opção no meio-campo.

No restante, nenhuma alteração: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano (Ramiro), Souza, Elano e Zé Roberto; Vargas e Barcos.

Já o Santos, que sofre com a ausência do atacante Neymar, vendido ao Barcelona, agora não terá mais Muricy Ramalho no comando da equipe da casamata. O técnico foi demitido, e Claudinei Oliveira, técnico do Sub-20, assume interinamente a equipe. Em relação ao time, William José está liberado para o jogo e a dúvida fica quanto ao seu companheiro no ataque do Peixe.

A delegação gremista treinou pela manhã e embarcou às 14h para Santos.

As equipes se enfrentam às 16h20 deste sábado (1), na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo