Grêmio bate Fluminense em jogo movimentado e fica perto de confirmar vaga no G-4
Artilheiro do Grêmio na temporada, Luan marcou o gol da vitória de pênalti (Foto: Divulgação/Grêmio)

A noite chuvosa em Porto Alegre foi reservada para o duelo de tricolores entre Grêmio e Fluminense na noite desta quinta-feira (19), na Arena do Grêmio, pela 35° rodada do Campeonato Brasileiro 2015.

Em partida movimentada, os tricolores gaúchos levaram a melhor sobre os cariocas, e com gol solitário de Luan, em pênalti cometido por Gerson, conquistaram os três pontos em casa com o placar mínimo de 1 a 0. O resultado deixou o Grêmio na terceira colocação, agora com 62 pontos, há 3 do vice-líder Atlético-MG. Já o Fluminense caiu para a 14° posição com 43 pontos, há seis da zona de rebaixamento.

No próximo domingo (22), o Grêmio terá pela frente o Internacional, travando um dos maiores clássicos estaduais pela frente, o Gre-Nal, no Beira-Rio, às 17h. Já o Fluminense, recebe o Avaí também no domingo, às 19h30 no horário de Brasília

Jogo agitado e goleiros trabalham no primeiro tempo

Com muita chuva na Arena, o Grêmio foi quem deu as caras para o Fluminense logo nos primeiros minutos de jogo. O time de Roger Machado pressionava acima e tinha a intensidade já conhecida pela equipe gaúcha. Aos três minutos, Douglas recebe na esquerda, chuta com perigo e Diego Cavalieri fez ótima defesa já no início do jogo. A pressão seguia, e aos nove minutos, Douglas tentou do meio-campo para surpreender o goleiro carioca, mas mandou para fora. O início do jogo era todo a favor dos gremistas.

Com 66% de posse de bola, os tricolores gaúchos tomavam iniciativa na partida e aos quatorze minutos, o Flu respondeu: Gustavo Scarpa cobrou escanteio na cabeça de Fred, e com liberdade, o centroavante mandou no pose de Marcelo Grohe. Era a resposta dos cariocas, e a que levou mais perigo no jogo até então.

A partida seguia agitada, e Cavalieri, novamente, salvou o Flu: Marcelo Oliveira recebe de Éverton em contra-ataque e chute forte no canto do goleiro do Fluminense, que fez uma bela defesa, mandando para escanteio. O jogo era lá e cá: aos 21 minutos, Grohe, teve de trabalhar mais uma vez para defender a meta tricolor. Osvaldo recebeu na direita e chutou forte em diagonal, e o goleiro gremista espalmou para escanteio.

O jogo não parava e a intensidade seguia. Marcelo Oliveira estava à mil: aos 33 minutos lateral gremista fez ótima jogada e cruzou rasteiro para Éverton, dentro da área, chutar no poste de Diego Cavalieri. Dez minutos depois, a bola beijou a trave do Flu, de novo, mas dessa vez quase contra: Luan cruzou rasteiro com perigo e Jonathan tentou afastar, mas a bola foi para a própria meta, e com lentidão, tocou na trave.

Fim de primeiro tempo de um jogo muito agitado, com três bolas na trave e goleiros trabalhando.

Luan marca, Gerson é expulso e Grêmio confirma vitória

Diferente da primeira etapa, o tricolor gaúcho não fez a pressão de costume, e o Flu, por sua vez, também não fazia questão de ter a bola. O segundo tempo começou lento e com muitas faltas. Aos treze minutos, o excesso de faltas fez mal para a equipe carioca, que após levantamento na área, viu Gerson botar a mão na bola e cometer pênalti. Na bola, o atacante e artilheiro do Grêmio na temporada, Luan, botou o goleiro de um lado e a bola pro outro para abrir o placar para o tricolor gaúcho.

Aos 19 minutos, um lance fundamental para o jogo ocorreu, e Gerson, de novo, foi a bola da vez. O jovem que tinha recém entrado na partida entrou de sola em Luan, e recebeu o vermelho direto. Sendo assim, com a vantagem numérica, os mandantes passaram a administrar a partida com tranquilidade, e até criar chances de perigo à meta de Diego Cavalieri.

Com a vantagem numérica no placar e no número de jogadores em campo, o tricolor gaúcho reteve a posse de bola e esperou os minutos finais chegarem. No fim, ainda deu tempo para Luan perder duas chances claras de gol.

VAVEL Logo