Náutico anuncia renovação com Gastón por um ano e encaminha com outros atletas
Foto: Divulgação/Náutico

Em meio à turbulência política e as eleições que vão ocorrer no próximo dia 13 de dezembro, o Náutico já começou a montar o elenco para a próxima temporada. A primeira renovação divulgada pela diretoria de futebol foi a do lateral-esquerdo Gastón Filgueira, agora com contrato até o fim de 2016.

"Renovamos com Gastón. Na manhã desta sexta-feira (27), nós acertamos tudo com ele, que vai ficar por mais um ano conosco. Era um nome que interessava às duas chapas. Fizemos um planejamento e um mapeamento e decidimos acelerar o processo. Outros onze nomes também interessam aos dois candidatos à presidência e vamos sentar para conversar com eles. Queremos entregar para a próxima diretoria a base do elenco montada. Não podemos começar o ano com um elenco defeituoso, como recebemos, por exemplo, em 2014", disse o diretor Paulo Henrique Guerra.

O uruguaio Gastón chegou ao Alvirrubro em setembro de 2014, mas só se firmou como titular absoluto da equipe no Campeonato Pernambucano de 2015. Na Série B disputou 31 dos 37 jogos até agora, e está confirmado para jogar neste sábado (28) contra o Bragantino, em Bragança Paulista/SP. Além dele, outros quatro titulares possuem vínculo até o próximo ano: os zagueiros Ronaldo Alves e Fabiano Eller, o meia Hiltinho e o atacante Daniel Moraes. Mas apenas Gastón e Ronaldo estão garantidos até dezembro do ano seguinte.

A direção Timbu também iniciou as negociações com o técnico Gilmar Dal Pozzo, outro nome que interessa às duas chapas concorrentes ao pleito. Membros da atual diretoria de futebol conversaram com Gilmar antes da viagem para SP.

"Conversamos com Dal Pozzo e a conversa foi bem proveitosa sobre sua permanência no clube. Lógico que, por se tratar do comandante do time, vamos dar espaço para a nova diretoria participar dessa negociação. Mas nessa conversa ele já demonstrou interesse de permanecer no Náutico, desde que haja continuidade. Ele disse que precisa de um título na carreira e, por isso, pediu a permanência de alguns jogadores para brigar por títulos. Desses nomes, 90% convergem com os da diretoria", completou Paulo Henrique.

VAVEL Logo