Morte e muita polêmica: último Flamengo e Botafogo foi marcado por confusão fora de campo
Foto: Editoria de Arte/VAVEL Brasil

O último confronto entre Flamengo e Botafogo, foi no dia 12 de fevereiro, pelas quartas de final da Taça Guanabara, onde o Flamengo venceu no Estádio Nilton Santos por 2 a 1 com gols de Guerrero e ÉvertonRoger descontou para o Glorioso. O jogo ficou marcado pela confusão e morte envolvendo o torcedor alvinegro. 

A morte de Diego Silva dos Santos aconteceu um pouco antes de iniciar a partida, nas redondezas do Engenhão. O torcedor foi vítima de uma briga entre torcidas organizadas e, ao contrário do que foi falado a princípio no dia de sua morte, o torcedor não foi vítima de tiros e sim de um espeto de churrasco. Segundo as investigações, o torcedor foi perfurado perto do peito duas vezes e teve hemorragia inter e externa. O estádio estava com o nível de policiamento menor, devido a greve que acontecia na época. Além do clima tenso, tiros foram disparados para o desespero do torcedor. 

A partida, em si, foi repleta de emoções, paras as duas equipes. Nos primeiros minutos de jogo foram de domínio total do Flamengo, que conseguiu transformar o bom volume de jogo, em gol. Aos 35 minutos, Guerrero abriu o placar, aproveitando a bola cruzada na área. Mas 4 minutos depois, Roger aproveitou o bom cruzamento de Guilherme e balançou as redes, empatando. Os times voltaram com mesmo empenho, e Éverton recolocou o Flamengo na frente, aos 20 minutos. 

Polêmica nas redes sociais

Após a partida, houve a polêmica nas redes sociais envolvendo os dois clubes cariocas. Flamengo, em sua rede social, postou uma mensagem para seus torcedores e o Botafogo viu a mensagem como apologia ao crime envolvendo brigas de torcida. A equipe do Vasco também comentou, o que virou um assunto generalizado dentro das redes sociais. As opiniões se dividiram, e o Flamengo se retratou postando uma frase lamentando o ocorrido. Acompanhe:

Foto: Reprodução/Twitter
Nas redes sociais, a polêmica envolvendo o cometário do Flamengo gerou revolta. Foto: Reprodução/Twitter

Depois desse jogo, as equipes cariocas lançaram uma campanha de #PazNosEstádios, repudiando em todos os Clássicos a briga entre torcidas. Mas, ao contrário da "paz" estabelecida, os dirigentes de Flamengo e Botafogo ficaram trocando farpas em entrevistas. 

VAVEL Logo