Santos atropela Sporting Cristal e garante liderança do Grupo 2 na Libertadores

O Santos recebeu o Sporting Cristal na noite dessa terça-feira (23), em Santos, pela sexta rodada do Grupo 2 da Copa Libertadores. O Peixe entrou desfalcado de Lucas Lima, lesionado, e Bruno Henrique suspenso. Mesmo assim, o time da Vila Belmiro levou a melhor e goleou os visitantes por 4 a 0. David Braz (2), Ricardo Oliveira e Vitor Bueno marcaram para o time paulista.

Com a vitória, o Santos está classificado para a próxima fase da Copa Libertadores. A equipe paulista terminou na liderança do seu grupo e aguarda sorteio da Conmebol no dia 14 de junho para definir o adversário do Peixe nas oitavas de final.

A equipe de Dorival Júnior volta a entrar em campo no próximo domingo (28), na Vila Belmiro, contra o Cruzeiro, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O Sporting Cristal ficou na última posição do Grupo 2, e está eliminada da competição.

Ricardo Oliveira desencanta

Já classificado, o Santos entrou em campo na busca pela liderança. Aos 07 minutos do primeiro tempo, o volante Renato lançou para Victor Ferraz na direita, o lateral cabeceiou para Thiago Maia, que dentro da área erra o domínio e desperdiça boa chance para o Alvinegro. Depois desse lance o Santos acordou para o jogo. Aos 09 minutos, Hernández foi derrubado na área, e pediu pênalti. Arbitragem mandou seguir o lance.

Aos 12 minutos, Ricardo Oliveira começou a aparecer na partida. Victor Ferraz fez uma grande jogada pela direita, tocou para o Ricardo Oliveiro, o atacante dominou, girou e finalizou, a bola explodiu na trave. Na sequência do lance, a bola fica com o Copete, que cruza na área e Ricardo Oliveira cabeceia para o fundo das redes. Só que a arbitragem marcou impedimento, anulando o gol do atacante.

Aos 19, Copete sofreu falta na entrada da área. Ricardo Oliveira bateu, o goleiro Mauricio Viana defendeu, mas a bola sobrou para David Braz, que empurrou para o fundo do gol. Abrindo o placar para o Peixe. O Santos continuou pressionando, e avançou a marcação. Aos 22 minutos de jogo, o goleiro do Sporting Cristal tenta sair jogando, só que Vitor Bueno interceptou o passe e a bola sobrou para Ricardo Oliveira, que manda uma bomba para ampliar. Último gol do atacante havia sido no dia 4 de maio, também pela Libertadores, contra o Santa Fe

Oliveira comemora seu gol (Foto: Getty Images)

O Sporting Cristal tentou responder aos 26 com Céspedes que cruzou de esquerda, Ávila ganhou no alto da zaga santista e quase diminuiu para a equipe visitante. Aos 28, Victor Ferraz rebe a bola na entrada da área, e toca para Thiago Maia, que manda uma bomba. A bola passou muito perto, balançou as redes do lado de fora. O Santos seguia tentando ampliar o placar. Aos 39 minutos, Hernández jogou a bola na frente para Ricardo Oliveira, que chutou forte e Mauricio Viana salvou o Sporting Cristal de levar mais um gol.

Santos marca mais dois e garante a liderança

No segundo tempo, o Santos voltou com o mesmo ritmo que o do primeiro. O Alvinegro dominava o jogo mas sentia a falta de Lucas Lima para dar o último passe, Hernández não conseguiu fazer essa função.

Aos 21 minutos, Vitor Bueno faz uma grande jogada. O camisa 7 deu um drible da vaca no Cazulo, passou pelo goleiro Mauricio Viana e tentou fazer o passe para Kayke, livre, sem goleiro. Mas a bola foi desviada pelo defensor peruano e voltou para Vitor Bueno, que bateu para o fundo das redes. Aos 25, Ricardo Oliveira cruzou da esquerda para Kayke que dominou e bateu forte. O goleiro da equipe peruana faz uma bela defesa.

Aos 26, David Braz faz mais um, o terceiro em dois jogos. Após cobrança de escanteio, Renato desvia e David Braz empurra a bola para o fundo das redes. Victor Ferraz ficou caído no gramado, e teve que sair do jogo mas como que com 30 minutos do segundo tempo, o Santos já havia feito as três substituições. O Lateral mesmo com dores voltou ao gramado para a equipe paulista não terminar o jogo com dez jogadores.

O Sporting ainda tentou aos 40 minutos, em uma cobrança de falta, Ortíz bateu no canto de Vanderlei, que fez uma bela defesa. No final do jogo, o Santos só administrou o resultado, e ouviu a torcida gritar "Olé" na Vila Belmiro.

(Foto: Getty Images)
VAVEL Logo