Na superação! Com time alternativo, Atlético-MG bate Chapecoense e sai do Z-4
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

O Atlético-MG chegou à terceira vitória no Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo (25), o Galo venceu por 1 a 0 a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó/SC. O técnico alvinegro, Roger Machado, mandou a campo uma equipe alternativa, poupando os atletas que vinham jogando com regularidade. O único gol da partida foi anotado por Marlone, que abriu o placar, no primeiro tempo, após cruzamento de Valdívia

Com o resultado, a Chapecoense permanece com 13 pontos, e cai três posições na tabela, terminando a rodada no 13º lugar. Já o Atlético-MG chega a 13 pontos, sai da zona de rebaixamento e ascende ao 14º posto.

Pelo Brasileirão, a Chapecoense vai encarar o Fluminense, na segunda-feira (3), às 20h. Já o Atlético enfrentará o Cruzeiro, no sábado (2), às 16h, na Arena Independência.

Antes disso, porém, a equipe catarinense pegará o Defensa y Justicia, na próxima quarta-feira (28), às 19h15, no Estádio Norberto Tomaghello, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. O Galo, por sua vez, receberá o Botafogo, na próxima quinta-feira (29), às 19h30, na Arena Independência, pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil

Atlético pressiona e sai na frente na Arena Condá

Atlético e Chapecoense fizeram primeiro tempo equilibrado. O Atlético foi a campo com a equipe reserva e logo aos quatro minutos, o técnico Roger Machado foi obrigado a fazer uma alteração no setor defensivo. O zagueiro Rodrigão teve que deixar a partida após sentir fisgada na coxa e o Bremer, outro garoto das categorias de base entrou em seu lugar. A Chapecoense atacava com Rossi e Apodi pelo lado direito, mas sem eficiência.

Na primeira tentativa alvinegra, Valdívia desceu pelo lado direito e fez ótimo cruzamento para Marlone, que aproveitou a falha da zaga e marcou o primeiro gol da partida. A equipe catarinense respondia também pelo lado direito, mas continuava desperdiçando várias chances.

O primeiro tempo foi marcado por poucas chances claras de gol e foi paralisado pela grande quantidade de faltas. O árbitro distribuiu muitos cartões, mas conseguiu controlar bem a partida.

Chapecoense volta pressionando, mas Galo permanece com a vitória

Em desvantagem, a Chape descia com facilidade ao ataque e a equipe alvinegra se segurava no setor defensivo, cedendo poucos espaços. Recém-chegado, Roger Bernardo atuou pela primeira vez como titular e foi o destaque no meio de campo. 

O Galo passou grande parte do tempo defendendo e os zagueiros da base responderam bem a pressão. A Chapecoense abusava da bola aérea, mas continuava desperdiçando muitas chances.

Na metade da partida, o Atlético conseguiu sair para o ataque, mas não conseguiu ampliar o placar. Assim como no primeiro tempo, o jogo foi marcado por várias faltas, o que dificultava o desenvolvimento do jogo. Com quatro minutos de acréscimo, o juiz sinalizou o fim da partida. 

VAVEL Logo