Renato Gaúcho reconhece mau desempenho em derrota: "A gente não fez um bom jogo"

O Grêmio visitou o Palmeiras no Pacaembu e saiu derrotado por 1 a 0 neste sábado (1°). Com equipes alternativas, os rivais fizeram um jogo sem muita criatividade e a equipe palestrina acabou vencendo com um gol contra do volante Machado, após trama de Raphael Veiga pela direita.

Essa é a terceira derrota do tricolor gaúcho no Campeonato Brasileiro sendo a segunda consecutiva. Além da derrota, o Grêmio vê o Palmeiras encostar na segunda liderança. Renato Gaúcho reconheceu a má partida de seus atletas, principalmente na primeira etapa. "A verdade é que a gente não fez um bom jogo. Não é desculpa, mas falta entrosamento. Primeiro tempo deu tudo errado", analisou o comandante. 

O primeiro tempo no Pacaembu foi morno com a primeira chance perigosa vindo pelo bem postado defensivamente Palmeiras, com chute de Michel Bastos aos 25 minutos. O Grêmio apostava nos contra-ataques rápidos puxados principalmente por Bolãnos e Fernandinho. 

O pouco mais de 29 mil torcedores presentes no Paulo Machado de Carvalho viram um Grêmio melhor na segunda etapa. Aos 9 minutos, o Imortal quase marcou com Kaio, mas Egídio estava lá para tirar em cima da linha. Aos 36 minutos o golpe que abalou a equipe do Rio Grande do Sul, como definiu Everton em entrevista após a saída de campo: em cruzamento de Raphael Veiga pela esquerda, Machado tentou cortar de carrinho e acabou mandando a bola pro gol. 

"Melhoramos muito pouco no segundo, tivemos uma chance num belo ataque, infelizmente a bola não entrou. Depois sofremos em uma infelicidade o gol contra. Falei que seria de poucas oportunidades e quem aproveitasse sairia com a vitória", pontuou.

O técnico gremista ainda aproveitou para mostrar insatisfação com o calendário extenso do futebol brasileiro e explicar as preocupações dele diante as três competições que o Grêmio participa, Copa do Brasil, Libertadores, além do nacional. Mas como o "bom e velho" Renato Gaúcho, fez questão de dizer que tem experiencia no futebol e está de olho no futuro do time.

"Lógico que o jogo de hoje era importante. Mas tem horas que jogar numa quarta-feira pela Copa do Brasil, hoje pelo Campeonato Brasileiro e depois na terça pela Libertadores, não tem como. Eles vão ter que descansar. Nós estamos dando atenção para as três competições. E quem muito quer, nada tem. Eu enxergo lá na frente. Estamos no caminho certo. Tenho muita experiência nisso", finalizou.

Com a derrota, o Grêmio estaciona na segunda colação com 22 pontos. Já o Verdão vai aos 19. Os adversários desse sábado, voltam a campo pela Libertadores da América na semana que vem. O Grêmio viaja à Argentina para encarar o Godoy Cruz na terça-feira, às 19h30. Já o time de Cuca vai ao Equador enfrentar o Barcelona de Guayaquil, no dia seguinte, quarta-feira, às 21h45. 

VAVEL Logo