Em casa ou fora? Local dos jogos não tem sido problema para Grêmio buscar resultados
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Para se tornar um campeão precisa-se de adaptação a qualquer ambiente, certo? O que não vem sendo um empecilho para o Grêmio nesta temporada. Em casa ou fora, o tricolor tem um desempenho um tanto positivo.  A verdade é que o clube gaúcho consegue se adaptar à diversos ambientes. Quando joga diante de sua torcida propõe o jogo e quando está longe de casa sabe atacar nos momentos certos, mas sem fazer retranca.

Um exemplo básico que pode ser dado de como o time gaúcho se comporta bem fora de casa, é o confronto diante do adversário desta quarta-feira, o Cruzeiro. O empate em 3 a 3, no Campeonato Brasileiro 2017, mostrou a qualidade do grupo gremista nos detalhes. O Grêmio jogou nos erros da Raposa.

Além disso, os comandados por Renato não pareciam estar ansiosos pelo resultado. Ao natural, o Grêmio saiu à frente no placar. Abriu 2 a 0, mas com duas falhas da zaga, que geralmente raramente acontecem, deixou os mineiros empatar e passar à frente do placar. Mesmo tomando a virada não se desesperou pelo empate, que com calma e naturalidade, saiu na qualidade que só o Grêmio vem mostrado nesta temporada.

Números dentro e fora de casa animam

Com os jogos dentro e fora da Arena, o  aproveitamento total do Grêmio na temporada está na casa dos 66%. Como mandante, o Rei de Copas está acima da média. Com 76%, o time porto-alegrense venceu 17 dos 25 jogos em seus domínios, perdendo apenas dois e empatando seis partidas.

Longe de Porto Alegre, o desempenho do Grêmio fica na casa dos 56%. O total de jogos como visitante é 25. O time comandado por Renato Portaluppi venceu 12 partidas, o mesmo números de empates que em casa, seis, mas são sete derrotas.  Porém tem um fator que chama a atenção. Das sete derrotas como visitante, cinco foram com a equipe totalmente reserva. São com os reservas cerca de 70% dos revés.

Destas cinco derrotas com os reservas, foram três pelo Campeonato Brasileiro, uma pelo Campeonato Gaúcho e uma pela Copa da Primeira Liga.  As duas derrotas com a equipe titular uma das partidas foi pela Copa Libertadores da América diante do Deportes Iquique, e outra contra o Caxias, pela segunda rodada do Campeonato Gaúcho.

Apesar das cinco derrotas com os reservas, fora de casa, neste ano foram duas derrotas dentro da Arena com os titulares. Porém, uma delas diante do líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians, que ainda não perdeu na competição. Apesar da derrota, o jogo foi todo desenhado para a equipe da casa, e em uma escapada, o time paulista fez o que realmente importa no futebol: o gol.

Assim como contra o alvinegro, a segunda derrota foi em uma partida de "pressão total" do Tricolor. Avaí veio até a Porto Alegre e "fez o crime". Em dois contra-ataques, matou o jogo contra o clube gaúcho. Sem esquecer do pênalti defendido pelo goleiro dos catarinenses. 

Em 50 partidas realizada até aqui, o Grêmio marcou 92 gols e sofreu 43. O saldo é bastante positivo: 49.  Além disso, o Rei de Copas tem o melhor ataque do Campeonato Brasileiro 2017, com 35 gols e o melhor da Libertadores após balançar as redes por 18 vezes.

VAVEL Logo