Entre decisões da Copa do Brasil, Cruzeiro faz duelo direto com Sport por vaga no G-6
No primeiro turno, Cruzeiro e Sport empataram em 1 a 1 na Ilha do Retiro com gols de Alisson e Diego Souza (Foto: Leo Caldas/Light Press/Cruzeiro)

O Cruzeiro tem tropeçado em si mesmo na tentativa de entrar de vez no G-6 do Campeonato Brasileiro. Em algumas rodadas, bastava que a Raposa fizesse sua parte para que, pelo menos nesses momentos, a zona de classificação para a Libertadores fosse realidade. Na tarde deste domingo (20), às 16h, a equipe mineira terá outra chance de acessar o bloco dos seis primeiros, e a missão é bater o adversário direto Sport, no Mineirão.

Pela 21ª rodada do Brasileirão, segunda do returno, o time celeste vai tentar voltar a vencer em casa, onde não consegue um triunfo desde o dia 9 de julho, quando derrotou o Palmeiras por 3 a 1 pela 12ª rodada do torneio nacional. Nona colocada, a Raposa tem 27 pontos e também algumas combinações na ponta do lápis para conseguir entrar no G-6: bater o Sport e torcer por derrotas de Atlético-PR e Botafogo, para Grêmio e Ponte Preta, respectivamente.

O Sport, por sua vez, é o sexto colocado, com 29 pontos, tendo caído uma posição na tabela com a vitória do Flamengo sobre o Atlético-GO na rodada. Caso o Atlético-PR surpreenda o Grêmio no jogo da manhã deste domingo, às 11h, o clube pernambucano entrará em campo diante do Cruzeiro já fora do G-6, ultrapassado pelo Furacão.

Com novidade em lista de relacionados, Cruzeiro deve ir a campo com "mistão"

O confronto é contra o Sport, mas a 'cabeça' do Cruzeiro não está apenas no duelo frente aos pernambucanos. A Toca da Raposa, além de respirar o Brasileirão, também vive o clima da Copa do Brasil, pela qual o time mineiro enfrenta o Grêmio na quarta (23), na partida de volta da semifinal do torneio - o jogo de ida terminou com vitória dos gaúchos por 1 a 0 em Porto Alegre.

Com esse confronto decisivo pela frente, o técnico Mano Menezes deve mandar a campo um time alternativo. Alguns atletas, no entanto, não podem jogar nem se o comandante gaúcho optasse por eles. Casos, por exemplo, do zagueiro Digão e do atacante Rafael Sóbis, que foram expulsos na última rodada (derrota por 3 a 2 para o São Paulo) e cumprem suspensão automática contra o Sport.

Ausentes por problemas de lesão, permanecem Dedé, Judivan e Ariel Cabral. Manoel e Arrascaeta estão próximos de retorno aos gramados, mas não foi desta vez que figuraram em meio aos relacionados. Rafael Marques fez uma cirurgia recentemente para a retirada de uma hérnia e também não foi relacionado para o duelo deste domingo.

Apesar do confronto de quarta que vem com o Grêmio, pela Copa do Brasil, o volante Henrique pediu foco contra o time rubro-negro. “Temos que trabalhar e focar nossa meta sempre no jogo seguinte, e agora é contra o Sport. Sabemos da importância que é vencer em casa e dos nossos objetivos dentro da competição. Estamos com a cabeça focada, temos esquecer o que vem lá na frente. Estamos com pensamento total para este confronto”, afirmou.

Confira a lista de relacionados do Cruzeiro

Goleiros: Fábio, Lucas França e Rafael;
Laterais: Bryan, Diogo Barbosa, Ezequiel e Lennon;
Zagueiros: Arthur, Léo e Murilo;
Meio-campistas: Elber, Henrique, Hudson, Lucas Silva, Messidoro, Nonoca, Rafinha, Robinho e Thiago Neves;
Atacantes: Alisson, Raniel e Sassá.

Sport quer primeira vitória no mês de agosto e chega ao Mineirão com força máxima

Contra o Cruzeiro, o Sport terá poucas mudanças em relação à equipe que empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta na última rodada. Um retorno certo é o de Samuel Xavier, que retoma a lateral direita do time e coloca Raul Prata no banco. Contra a Macaca, Xavier cumpriu suspensão automática, e por isso não jogou.

Se a Raposa não vence há duas rodadas no Brasileirão, o Sport não consegue um triunfo há três jogos. A equipe somou dois pontos dentre os últimos nove que disputou - empatou com Fluminense e Ponte Preta e perdeu para o líder Corinthians. Fora de casa, o time pernambucano tem um baixo aproveitamento, cerca de 37%, com três vitórias, um empate e cinco derrotas.

Sem ídolo Durval, Luxemburgo define Sport para jogo contra Cruzeiro

No ano passado, a equipe rubro-negra arrancou uma vitória para cima da Raposa no Mineirão por 2 a 1, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O autor dos dois gols do Sport foi o atacante Rogério, que relembrou o feito. "Graças a Deus ano passado eu pude fazer dois gols. Agora é jogar com cautela, concentrado os noventa minutos para fazer o que o professor pediu, para que a gente venha a ganhar a partida", disse. Rogério vinha se recuperando de um estiramento na coxa e retorna contra o time mineiro.

VAVEL Logo