Dois de Willian, susto de Pratto e jogo eletrizante: Palmeiras vence São Paulo no Allianz Parque

Em clássico eletrizante, o Palmeiras bateu o São Paulo por 4 a 2  neste domingo (27) no Allianz Parque. A partida emocionante ficou marcada  por virada palmeirense com dois gols de Willian e a  contusão de Lucas Pratto que teve um choque na cabeça e foi retirado do estádio  de ambulância. O Jogador está em estado estável e não corre riscos 

Com o resultado, o Palmeiras continua na 4ª colocação com 36 pontos. Já o São Paulo continua na zona de rebaixamento na 17ª colocação com 23 pontos. Na próxima rodada, o Verdão enfrenta o Atlético-MG fora de casa, e o São Paulo encara a Ponte Preta no estádio do Morumbi. 

Primeiro tempo marcado por falhas defensivas 

O clássico começou equilibrado, jogando em casa, o Palmeiras tomou a iniciativa, mas não chegou a assustar. Com Moisés sendo o principal armador, o Verdão tinha dificuldades para quebrar a marcação do Tricolor.  O São Paulo apostava no contra-ataque. Aos 12 minutos, Lucas Pratto deu uma linda assistência para Marcos Guilherme que ficou cara a cara com Fernando Prass e abriu o placar. 

Com o gol sofrido, o  Verdão se lançou todo ao ataque, mas faltava criatividade, errando muitos passes, a equipe apostava na bola cruzada. Em um dos diversos cruzamentos, Lucas Pratto cortou de cabeça e acabou chocando com Hernanes. O atacante ficou em estado delicado e saiu do estádio de ambulância. 

Divulgação/GettyImages
Divulgação/GettyImages

Quando a partida recomeçou as estratégias se repetiram, o Palmeiras tentava pressionar, o São Paulo apostando no contra-golpe. Aos 31 minutos Marcos Guilherme, mais uma vez, recebeu dentro da área e mandou uma bomba, que explodiu no travessão. 

Como diz o ditado, quem não faz, leva. No minuto 35, Willian aproveitou a falha de Edimar e mandou de primeira para o gol. Três minutos depois, Willian recebeu na entrada da área, ajeitou e mandou na gaveta, marcando um golaço fazendo o seu segundo gol e a virada do Verdão.

A virada, fez o São Paulo propor o jogo pressionando adversário, o Palmeiras tentava quebrar o ritmo da partida, mas o Tricolor pressionava, no final do primeiro tempo, Buffarini pela direita, cruzou Hernanes aproveitou falha de Edu Dracena e empatou a partida. 

 Palmeiras define no segundo tempo

A segunda etapa começou movimentada, as duas equipes, se expondo mais, deixando um jogo aberto. Porém  com dificuldades para criar chances claras de gol. A primeira chegada do São Paulo foi aos quatro minutos em uma cobrança de falta, em que Fernando Prass fez defesa. O Verdão quase aproveitou falha de Sidão,  em bola recuada, o goleiro furou e  a bola quase entrou na rede.

Cuca mudou a equipe, Com a entrada de Keno no lugar de Bruno Henrique, as estratégias voltaram para o primeiro tempo: o Palmeiras pressionando e o São Paulo apostando no contra-ataque . O Verdão chegou a balançar as redes com Deyverson, mas o atacante estava impedido. O São Paulo respondeu, em cobrança de falta, a bola sobrou limpa para Rodrigo Caio que perdeu o gol.

O São Paulo chegava pouco ao gol do Palmeiras, porém levava mais perigo, Aos 30 minutos Hernanes recebeu na área cortou e finalizou na rede, pelo lado de fora. O Tricolor perdeu a chance de marcar o terceiro, em contra-ataque Marcos Guilherme foi fominha e acabou perdendo a bola. Assim como no primeiro tempo, o Palmeiras não perdoou, aos 33 minutos Deyverson cruzou para Keno que mandou um foguete na entrada da área e fez o terceiro gol do Verdão

Mais uma vez atrás no placar, o São Paulo foi todo para o ataque, Palmeiras se fechava como podia, com dificuldades na armação apostava jogando nas laterais, principalmente com Denilson. O Verdão matou o clássico no contra-golpe, Tchê Tchê deu lindo lançamento para Willian que cruzou para Hyoran completar para o gol e encerrando a partida.

 

 

 

 

 

 

VAVEL Logo