Novo xodó do Cruzeiro, Raniel vira principal opção para ataque da equipe na final da Copa do Brasil
Foto: Hugo Alves/Editoria de Arte/VAVEL Brasil

Novo xodó do Cruzeiro, Raniel vira principal opção para ataque da equipe na final da Copa do Brasil

Com a suspensão de Rafael Sóbis, jovem será o titular do ataque da Raposa na decisão contra o Flamengo

laracpereira
Lara Pereira

O atacante Raniel é a bola da vez no Cruzeiro. O jogador de 21 anos ganhou seu espaço dentro de campo e virou um dos xodós do torcedor celeste. No jogo da próxima quarta-feira (27), contra o Flamengo, pela final da Copa do Brasil, ele terá mais uma chance de escrever um novo capítulo na história da Raposa e também em sua carreira. Com a suspensão de Rafael Sóbis, o atacante terá a chance de começar como titular na final.

De terceira opção a jovem prodígio, Raniel chegou a dividir espaço na equipe com Rafael Sóbis e Ramón Ábila, que foi vendido no meio do ano ao Boca Juniors, da Argentina. Com a saída do argentino, o garoto revelado pelo Santa Cruz ganhou mais oportunidades e caiu nas graças do técnico Mano Menezes, que acredita que a venda de Ábila ajudou no crescimento do jogador.

"O que foi extremamente importante para o crescimento do Raniel se chama espaço de aproveitamento. Que, antes, era menor, com a presença do Ábila. Raniel era o terceiro jogador da posição. Com a saída do Ábila, ele passou para segundo e ganhou mais espaço, entrou nos jogos. Em alguns momentos, passou para primeiro, em função dos méritos e de seu aproveitamento. É importante isso na elaboração de um elenco de jogadores. Da ideia de quando a gente faz um planejamento", afirmou.

Com a confiança do treinador e o apoio da torcida, o camisa 36 tem mais uma oportunidade de atuar em alto nível pelo Cruzeiro. Com números que impressionam, Raniel pode se tornar um trunfo celeste para a próxima quarta.

Na primeira temporada como profissional, Raniel vira peça chave do elenco celeste

Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Natural de Recife, Raniel começou nas categorias de base do Santa Cruz com cinco anos de idade. Aos 17, subiu à equipe profissional, mas foi pego no exame antidoping por ingestão de cocaína. Raniel ficou afastado dos gramados por um ano. Em 2016, o jogador foi reintegrado ao Santa Cruz, e, no segundo semestre daquele ano, foi transferido para o sub-20 do Cruzeiro. Nesta temporada, o atacante foi promovido ao time profissional.

Com 21 jogos oficiais no ano com pela Raposa, Raniel marcou em quatro oportunidades, começando como titular em apenas cinco. Com o camisa 36 em campo, o Cruzeiro perdeu em apenas três ocasiões, sendo 11 vitórias e sete empates. O jogador fez sua estreia pela Raposa no empate com o Joinville na Copa da Primeira Liga.

No primeiro confronto das oitavas de finais da Copa do Brasil, contra a Chapecoense, Raniel marcou seu primeiro gol pela equipe profissional. Logo aos dois minutos de jogo, o camisa 36 acertou um belo chute de fora da área e garantiu a vitória celeste. Com 21 anos, o xodó da torcida tem a chance de conquistar seu primeiro título com a equipe. Depois de dar a volta por cima em sua carreira, Raniel pode fechar sua primeira temporada como profissional do Cruzeiro com chave de ouro. 

VAVEL Logo