Referência do Botafogo no NBB, Arnaldinho comenta lesão: "Foram três meses de angústia"

Retornando de lesão, jogador é um dos mais experientes no elenco do Botafogo, que está próximo de garantir vaga na fase pós-temporada regular do NBB

Referência do Botafogo no NBB, Arnaldinho comenta lesão: "Foram três meses de angústia"
Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo

O Botafogo passa por um bom momento no NBB. Recém-promovido da Liga Ouro, segunda divisão do basquete brasileiro, a equipe de General Severiano lutou contra o rebaixamento durante boa parte do campeonato, mas, após a vitória diante do Caxias do Sul na última quinta-feira (8), a equipe treinada por Márcio Andrade está a apenas uma vitória de chegar aos playoffs, apesar de estar disputando a competição pela primeira vez em sua história.

Uma das referências da equipe é o experiente armador Arnaldinho, que foi peça fundamental no título da Liga Ouro. Nessa temporada, porém, o atleta ficou afastado das quadras durante um bom tempo por conta de algumas lesões. Nas últimas duas partidas, porém, ele retornou, mesmo que em uma baixa quantidade de tempo, a jogar. Em contato com a VAVEL Brasil, ele disse a sensação do seu retorno. “Fiquei muito feliz com esse meu retorno. Foram três meses de bastante angústia por estar afastado por essa lesão, mas agora eu volto pra compor e ajudar a equipe, e isso é que o que estou esperando nesse momento”, disse.

O que chegou a parecer improvável em certo ponto da temporada, está perto de se tornar realidade: uma vaga pelos playoffs. Apesar de estar na luta pela última vaga disponível, essa conquista é muito importante para o Botafogo, já que a equipe sofreu com muitas lesões durante a campanha. Perguntado sobre a importância dessa possível classificação, Arnaldinho destacou todas essas dificuldades, e avaliou como positivo o desempenho da equipe durante esse ano.

"Acho que esse primeiro ano, a gente dentro das circunstâncias, tá indo muito bem. Conseguindo a vaga, era o planejado e esperado. De repente, pelo plantel, a gente acreditava que podia estar numa posição melhor. Mas, com tudo que aconteceu durante a temporada, lesões e toda a dificuldade de temporada, que foi muito dura, a gente perdeu cinco jogadores. Eu, Coimbra, Rafinha, Tatum e o Jamaal. Então, terça foi a primeira vez que o grupo conseguiu estar com o maior elenco de jogadores contratados e que renovaram pra essa temporada, pra jogar junto. Acho que só o Rafinha ficou fora. Diante disso, acredito que a gente esteja indo muito bem", afirmou.

Ainda sobre a questão da evolução da equipe na temporada, Arnaldinho acredita que o aumento do entrosamento foi importante para que os resultados positivos começassem a aparecer. “Eu acredito nisso sim (melhora do entrosamento), eu acho que o tempo ia trazer esse entrosamento, mas acredito que ainda temos muito a melhorar. Se conseguirmos essa vaga, a equipe tem que mudar o pensamento direto, que é pra tentar alcançar uma posição melhor e alcançar esse primeiro playoff, que ia ser muito importante pro time e pra sequência do projeto. Hoje, a gente vive de resultado no esporte nacional e cada resultado que a gente obtiver, eles só trará benefícios para nossa equipe. Nessa sequência de primeiro ano de NBB, o Botafogo fez o máximo para disputar o campeonato.”, falou.

Por fim, o atleta destacou o planejamento da equipe de General Severiano, que vai conseguir cumprir com o objetivo primário, que era a classificação para os playoffs. Em julho do ano passado, a VAVEL Brasil também esteve em contato com Glaucio Cruz, diretor de esportes, que comentou sobre esse assunto. “Vão fazer quatro anos de projeto desde que entrei, e desde o início lá trás, quando a gente passava por muitas dificuldades, diferentes das de hoje, mas acho que dentro do que foi planjeado em todos os momentos a gente sempre andou pra frente. O Botafogo tem feito o melhor para nós jogadores e o melhor pro seu torcedor, diante do que tem. A gente sempre faz o melhor com aquilo que tem”, concluiu Arnaldinho.