Pedro supera desconfiança e conquista artilharia do Campeonato Carioca
(Foto: Divulgação / Fluminense FC)

Tecnicamente um atacante muito acima da média, segundo Abel Braga, Pedro vem desempenhando a dura tarefa de substituir Henrique Dourado. Embora ainda muito jovem, o centroavante chama muito a atenção devido aos seu vasto repertório de passes e pelo aumento espantoso em seu número de gols, tendo feito 7 em 17 jogos, ao contrário de 2017, quando balançou as redes 7 vezes em 35 partidas.

Apontado por Fred como seu sucessor, Pedro demorou a mostrar seu faro de gol tão reconhecido na base. Seu primeiro gol na equipe principal foi na partida contra a equipe do Criciúma, pela Primeira Liga em 2017. Mesmo com a pouca idade o atacante vem melhorando, o que diminui a desconfiança do torcedor. Em entrevista recente Pedro afirma que sabe a responsabilidade de jogar pelo Fluminense. “A responsabilidade de vestir a camisa do Fluminense é gigante. E substituir os dois últimos artilheiros só aumenta o peso de ser o centroavante titular. Mas eu sempre me preparei para isso. Graças a Deus as coisas têm dado certo e espero que continuem assim até o fim do ano”.

Artilharia e novos desafios

Uma prova de seu crescimento como goleador é ter encerrado o Campeonato Carioca como artilheiro da competição, com 7 gols, tornando-se assim o mais jovem na história do clube nos últimos anos a ser artilheiro de um campeonato oficial, além de ser incluído n seleção do Campeonato carioca. Novos desafios aguardam Pedro, começando na quarta-feira (11) quando o Fluminense entra em campo no Maracanã as 21h45 para enfrentar o Nacional Potosí, da Bolívia, pela Sul-Americana.

Já no domingo (15) joga contra o atual campeão brasileiro, Corinthians, às 16h na Arena Itaquera pelo Brasileirão. Estes são alguns desafios que o atacante terá pela frente para provar para si mesmo e para a torcida sua capacidade de ser titular e o mais novo “matador” do Tricolor das Laranjeiras.

VAVEL Logo