Responsável pela vitória do Corinthians, Rodriguinho exalta coletivo: "Sou mais um atleta"
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Responsável pela vitória do Corinthians, Rodriguinho exalta coletivo: "Sou mais um atleta"

Meia marcou os gols que garantiram os três primeiros pontos do Corinthians no Campeonato Brasileiro 2018, diante do Fluminense

tainanmelo
Taynã Melo

Diante de sua torcida, o Corinthians não decepcionou. O atual bicampeão paulista estreou bem no Campeonato Brasileiro 2018 ao vencer o Fluminense por 2 a 1. O jogo foi disputado na Arena Corinthians, em Itaquera/SP, na tarde deste domingo (15). Mais uma vez protagonista, Rodriguinho marcou os tentos que garantiram o triunfo da equipe paulista, que luta também pelo octacampeonato nacional.

O camisa 26 foi o mais procurado. Autor dos gols aos 45 minutos do primeiro tempo e aos 42 da etapa complementar, o jogador concedeu entrevista coletiva à imprensa depois do confronto e fez questão de dividir o mérito de toda a boa fase com o elenco corinthiano. Chamado de “Reidriguinho” pela torcida – a alcunha também adotada pelo clube nas redes sociais, o meia disse que gosta do apelido, mas enfatiza a coletividade.

“Não sou protagonista, sou mais um atleta que está fazendo seu trabalho. Divido os méritos com meus companheiros. Tem uma brincadeira que eu faço com o Renê Júnior. Eu vejo, não tem como, e até chamo o Renê de ‘Yaya Renê’. Eu gosto do ‘Reidriguinho’, para ser sincero. É legal, é bacana”, disse.

Nos últimos quatro gols marcados pelo Timão, dois foram de cabeça, inclusive o primeiro desta tarde, que abriu o placar na Arena Corinthians. O meia afirmou que a melhora no quesito se deve a árduos treinamentos. “Tem muito a ver com treino. Não era um fundamento que eu ia bem. Treinei bastante para isso. Primeiro veio pela competitividade de disputar as bolas no centro de campo. Tive que aprender a subir bem. Não é um acaso que estou fazendo gol de cabeça. Eu treinei muito”, concluiu Rodriguinho.

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Outro atleta importante na temporada que também conversou com a imprensa foi o atacante Emerson Sheik. Indagado quando voltou ao clube sobre quais condições físicas voltaria ao time, o jogador mostra sua importância a cada jogo. Neste domingo, foi dele o passe para o segundo gol de Rodriguinho, que garantiu a vitória alvinegra e a estreia como planejado. O contrato de Sheik com o Corinthians vai até a metade deste ano de 2018, mas existe a possibilidade de ser renovado até o fim da temporada.

“Venho me dedicando, abdiquei de muitos hábitos para treinar. São quase 40 anos, não se pode perder noites de sono. Estou bem, me sinto jovem para colaborar. Vamos ver o que vai acontecer. Nesses seis primeiros meses, quero me entregar até o último dia. Vim porque amo o Corinthians. Podia ter ficado no Rio de Janeiro com meus filhos. Tinha seis meses para não apagar minha história. Estou conseguindo. Surgiram algumas coisas para renovar, mas ainda é preciso sentar para conversar”, destacou.

O próximo adversário do Corinthians no Campeonato Brasileiro será o Paraná Clube. O jogo será disputado às 11 da manhã do próximo domingo (22), em Curitiba. Antes, porém, a equipe encara o Independiente no Estádio Libertadores de América, em Avellaneda, na região metropolitana de Buenos Aires, pela Taça Libertadores. O jogo será disputado às 21h45 desta quarta-feira (18).

VAVEL Logo

    Sport Club Corinthians Paulista Notícias

    há 15 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês