Lateral Edilson muda a ‘chave’ e projeta duelo do Cruzeiro contra La U pela Libertadores

Lateral, que foi campeão do torneio com o Grêmio em 2017, fará sua estreia com a camisa celeste na competição continental

Lateral Edilson muda a ‘chave’ e projeta duelo do Cruzeiro contra La U pela Libertadores
Lateral direito foi campeão da Libertadores em 2016 com a camisa do Grêmio (Foto:Divulgação/Cruzeiro)

A derrota por 1 a 0 no último sábado (14) para o Grêmio, no Mineirão, já é página virada na Toca da Raposa II. A chave foi virada no Cruzeiro, e o foco agora é a partida contra a Universidad de Chile, na quinta-feira (19), em Santiago, no Chile às 20h30, pela Libertadores. A partida terá um tom de estreia para o lateral-direito Edilson, que irá fazer seu primeiro jogo na competição continental com a camisa celeste.

Na estreia da Raposa pelo torneio, derrota por 4 a 2 para o Racing, Edilson cumpria suspensão por ter tomado o terceiro amarelo com a camisa do Grêmio na segunda partida da final contra o Lanús, em 2017. Já no empate contra o Vasco, válido pela segunda rodada da fase de grupos, o lateral se recuperava de uma lesão no joelho.

“É a minha estreia. Estou feliz em estrear. No primeiro jogo não deu e no segundo estava machucado. Mas é como eu disse: não podemos nos atirar de qualquer forma para cima da LaU, um adversário que tem uma transição muito rápida. Mas também não podemos esperar o tempo todo, ter pressão o tempo todo, porque uma hora eles acabam furando o bloqueio. Temos que jogar de igual para igual, respeitando a equipe deles. Temos jogadores de altíssimo nível. Cruzeiro é muito grande para ficar só respeitando eles. Tenho certeza que será um jogo franco, aberto, mas temos que usar o que temos de melhor para que possamos vencer”, comentou.

Edilson viu a partida contra o Grêmio, seu ex-clube, como atípica e levará a derrota como aprendizado para os próximos jogos. “Tivemos um jogo atípico no sábado, um dos nossos piores jogos nossos da temporada. Infelizmente acontece, mas que sirva de lição para os próximos jogos. Vamos encarar o jogo da quinta-feira como uma decisão. Nossa equipe vai atuar muito bem, não tenho dúvida disso pela qualidade do nosso elenco”, declarou.

Pela lanterna do grupo 5, com apenas um ponto conquistado em seis, a ordem máxima na Toca da Raposa II é somar pontos fora de casa. Para chegar à primeira vitória na competição, o jogador espera que o Cruzeiro entre em campo focado e equilibrado.

"Temos que nos expor na medida do possível. Eles estão jogando na casa deles, é natural que o time que joga em casa saia um pouco mais, pelo apoio da torcida. Então esperamos um jogo que eles ataquem e nós também, então temos que estar equilibrados defensivamente, para que quando apoiarmos, apoiarmos bem”, observou.

O Racing lidera o Grupo 5 com quatro pontos, enquanto a LaU vem logo em seguida. Na terceira colocação está o Vasco, e por último vem o Cruzeiro.