Após empate sem gols diante do Vitória, Carille declara: "Talvez tenha faltado uma referência"
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Após empate sem gols diante do Vitória, Carille declara: "Talvez tenha faltado uma referência"

Vitória e Corinthians não saíram do 0 a 0 no Barradão em partida válida pela Copa do Brasil, mas apesar do resultado, o treinador do Timão, Fábio Carille, não mostrou insatisfação após o fim da partida

IsadoraMendes
Isadora Mendes

O Corinthians empatou com o Vitória por 0 a 0 nesta quarta-feira (25) no Barradão, em Salvador, na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil. Esta foi a primeira partida do Timão na competição e o treinador Fábio Carille demonstrou aprovação pelo resultado final, por poderem decidir a partida na Arena Corinthians, em São Paulo.

Jogar aqui sempre é difícil, normalmente aqui o Vitória vem pra cima, hoje não fez tanto isso, foi diferente e me pegou de surpresa, achei que eles seriam um pouco agressivos e pegou a equipe de surpresa, a gente leva a decisão para nossa casa, numa igualdade. A gente sabe da nossa força lá”, apontou o treinador do Corinthians.

Como sempre, o assunto “centroavante” surgiu após a partida sem gols, e Carille disse que tenta adaptar o elenco de acordo com o adversário enquanto não pode contar com nenhum “camisa 9” nos jogos.

No jogo de hoje talvez tenha faltado uma referência então buscamos de acordo com o jogo, então por isso a chegada do Roger vai ser importante nesses momentos pra fazer o papel que o Jô fazia no ano passado”, destacou Carille.

Sobre o recém-chegado Roger, o treinador do Timão disse que apesar de o atacante não poder defender o Corinthians na Copa do Brasil ou Libertadores, já leva o mesmo para alguns jogos para poder se adaptar e entender melhor o estilo de jogo que precisam.

Vou ter que ter muito cuidado até a parada pra Copa do Mundo, porque não posso usar ele nos três jogos da Libertadores e também na copa do Brasil, passando, não podemos usar o Roger. Já vai comigo pros jogos porque é uma opção diferente, podemos ter um jogador de área, mas iniciar ainda não, é um jogador que o Corithians sabe jogar”, declarou Fábio.

Justamente pela falta de referência no ataque corinthiano, a torcida fez como sempre e pediu que o técnico colocasse o jovem Pedrinho no jogo, mas o comandante optou por colocar Emerson Sheik na partida contra o Vitória.

Eles pedem sempre [o Pedrinho], mas pra mim estava um jogo um pouco pesado pra ele jogar, estou tendo esse cuidado, foi um jogo de muita transição e preferi ir com jogadores mais ‘cascudos’ no momento”, justificou o treinador.

VAVEL Logo
CHAT