Após empate no Brasileiro, Felipão elogia grupo e foca na partida contra Cerro Porteño

O Verdão rodou o elenco e acabou empatando com o América-MG; Felipão projetou confronto pelas oitavas da Libertadores

Após empate no Brasileiro, Felipão elogia grupo e foca na partida contra Cerro Porteño
Divulgação/SE Palmeiras

A volta de Felipão ao banco de reservas do Palmeiras não foi um dos melhores, após empate sem gols  com América-MG, jogando fora de casa, o técnico do Palmeiras elogiou a postura da sua equipe mesmo não conquistando os três pontos: 

"Não conseguimos o resultado que queríamos, mas taticamente gostei muito da equipe. Devido às circunstâncias do jogo quinta-feira, jogar no domingo, temos estudos que provam que um grupo de trabalho sente o jogo de quinta jogando no domingo. Se tivesse jogado quarta seria melhor. Tínhamos de fazer algumas mudanças, colocar uma equipe que fosse taticamente inteligente”, afirmou Scolari. 

Com a maratona de jogos de três competições diferentes, Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, Felipão deve adotar o rodízio nas escalações, mesmo assim o treinador aposta no bom desempenho nas competições, principalmente na Libertadores: 

"Vamos começar a ter algumas substituições futuras para determinadas situações de jogo, que eu já aproveitei o jogo de hoje e vi. E vamos ser uma equipe aguerrida. Precisamos pensar em ganhar o jogo mesmo que seja no Paraguai, mesmo que a equipe do Cerro seja excelente. Temos de pensar assim. Acho que esse grupo pensa dessa forma, mas precisa de um incentivo. Precisa que a gente coloque algumas coisas que eles possam pensar sobre como é bonito chegar à final de uma Libertadores. E dá. Pelo que a gente tem, dá " disse. 

A próxima partida do Verdão é decisiva, a equipe vai enfrentar o Cerro Porteño fora de casa, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores, Felipão está confiante para o confronto e até em uma possível conquista do torneio

"Com a equipe que temos, a estrutura que o Palmeiras oferece nos dá condição de enxergamos a final de uma Libertadores, vencendo, e depois seguir até o Mundial. Esse foi meu primeiro pensamento ao receber o comunicado do Palmeiras. E é assim que vamos fazer. Volto feliz com essa possibilidade, renovado e vejo uma equipe que fez taticamente o que a gente solicitou".  Finalizou.