Thiago Larghi admite desatenção do Atlético-MG no gol do Inter: "A gente já viu, reviu e treinou"
Foto: Bruno Cantini/Atlético

Thiago Larghi admite desatenção do Atlético-MG no gol do Inter: "A gente já viu, reviu e treinou"

Treinador exaltou a presença do torcedores, que preencheu as arquibancadas do Independência na noite desta segunda-feira

vinisilveiras
Vinícius Silveira

Mesmo com uma bela festa por parte da torcida atleticana, e até fatores externos, como chuva de granizo e queda de energia no Independência, o Atlético-MG saiu de campo derrotado diante do Internacional por 1 a 0. Gol marcado por Edenilson, na etapa final. 

O gol surgiu de uma falha da defesa atleticana, que estava voltada com a lesão do lateral-esquerdo Carlos Gabriel e não prestou atenção no lance que seguia após falta batida pelo time colorado. Contra Grêmio e Palmeiras, o Atlético cometeu o mesmo erro, que gera perda de pontos importantes para o clube no Brasileirão.

Sobre o erro, o técnico Thiago Larghi admitiu desatenção dos jogadores em campo e que os atletas estavam cientes das falhas que vinham sendo cometidas nas jornadas anteriores. 

"A gente já viu, reviu e treinou, mas infelizmente nosso time se desconcentrou na câimbra do Hulk, pessoal ficou de olho ali e eles bateram a falta rápido. No grupo está todo mundo sentido. Estamos mais do que vacinados para não tomar, porque foi visto e treinado para não acontecer. São segundos para tomar a decisão, infelizmente demos bobeira e tomamos o gol", declarou.

Apesar dos erros, Thiago Larghi novamente tratou de exaltar o trabalho feito dentro de campo para que o elenco adquira o entrosamento necessário após saída e chegada de jogadores durante a parada para a Copa do Mundo.

"A gente está lutando. São muitas mudanças acontecendo no meio e no ataque, e isso requer tempo. O Estadual nos deu margem para fazer o trabalho inicial, mas agora é montagem enfrentando os grandes, onde em uma bobeira pode ser penalizado. É falta de um detalhezinho, de competitividade. Até a parada da luz, vinhamos fazendo um bom primeiro tempo e início de segundo, mas depois não conseguimos manter o ritmo", finalizou.

Focado apenas no Brasileiro até o fim do ano, o Atlético voltará a jogar em Belo Horizonte, no próximo domingo (12). Receberá o Santos, no Independência, às 11h.

VAVEL Logo