Com direito a mosaico e ingressos esgotados, Botafogo recebe Nacional-PAR pela Sul-Americana
(Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Com direito a mosaico e ingressos esgotados, Botafogo recebe Nacional-PAR pela Sul-Americana

Com maior público do ano no Estádio Nilton Santos, o Glorioso precisa de uma vitória simples para se classificar na Copa Sul-Americana

marcus-carvalho
Marcus Carvalho
BotafogoSaulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello, Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus fernandes, Léo valencia; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Aguirre (Brenner).
Nacional AsunciónSantiago Rojas; Diego Melgarejo, Victor Velázquez, Ariel Benítez e Miguel Paniagua; Luis Miño, Danilo Santacruz, Derlis Orué e Ricardo Clarke; Sergio Fretes e Nery Cardozo - Técnico: Celso Ayala.

Botafogo e Nacional Assunción se enfrentam nesta quinta-feira (16), no Estádio Nilton Santos pela Copa Sul-americana em confronto que vale vaga nas oitavas-de-final do torneio.

No primeiro confronto em Assunção, vitória dos donos da casa por 2 a 1. Sendo assim os paraguaios chegam ao Rio com a vantagem de um empate. Uma derrota por um gol de diferença em que o time marque dois gols também classifica os paraguaios.

O Botafogo precisa de uma vitória por 1 a 0 ou qualquer outra vitória por diferença de dois gols. 2 a 1 para o alvinegro leva a disputa para os pênaltis.

 Glorioso conta com clima de Libertadores para garantir a classificação.

As festas protagonizadas pelos botafoguenses na Copa Libertadores da América de 2017 ainda habitam na mente dos torcedores alvinegros.

Não é raro encontrar algum deles que tenha foto dos mosaicos como wallpaper de seus celulares ou notebooks, ou ainda destacadas nas redes sociais.

Com preços acessíveis os alvinegros esgotaram toda a carga de ingressos destinada para si e prometem um clima de final.

Mosaicos, faixas de mão e provavelmente um foguetório serão parte da recepção ao time contra os paraguaios. Cerca de 120 torcedores se uniram para montar o mosaico na noite desta quarta-feira (15). Luiz Fernando destacou a importância do "clima de Libertadores" na busca pela virada.“

Todo grupo está pensando positivo, sabemos que a torcida virá apoiar. No ano passado, eu acompanhei a torcida na Libertadores e vi o Nilton Santos lotado. Com estádio lotado, a atmosfera é outra. Eles vão contagiar o grupo e isso vai ajudar bastante para conseguirmos a classificação”.

"Otimista com respeito", Nacional marcou golaços em casa e garantiu a vantagem do empate

Os tricolores fizeram uma partida segura contra o Botafogo. Marcaram gols logo no início de cada tempo e garantiram a vitória.

O time teve mais chances para ampliar a vantagem mas não aproveitou e ainda viu Brenner perder um gol feito nos últimos minutos da partida.

A vitória por 2x1 no Defensores Del Chaco não só garantiu a vantagem de se classificar com um empate, mas também derrubou o técnico Marcos Paquetá.

O Nacional chegou nesta terça-feira (14) ao Rio de Janeiro onde se prepara para a partida desta quinta-feira. O time é o quinto colocado na primeira divisão do campeonato Parguaio.

Ainda no sorteio dos confrontos, Enrique Sanchez, representante do clube na ocasião declarou respeitar muito o Botafogo, mas que ainda assim estava otimista, fazendo referência ao confronto contra o Cruzeiro em 2017 pela mesma Sul-americana.

"Esse sorteio nos fez lembrar o anterior, quando pegamos o Cruzeiro (em 2017). Agora temos o Botafogo, outro clube grande do Brasil. Mas é isso aí, a Copa tem essas coisas. É uma equipe muito grande, mas o Nacional, de alguma forma, está acostumado a enfrentar os grandes. Algumas vezes foi bem, outras não. Bom, temos muita expectativa em passar por esse desafio e seguir avançando na Copa" - Disse Enrique.

  Escalações

O Botafogo não deve ter mudanças no time que enfrentou o Paraná no domingo (12) pelo campeonato Brasileiro. A equipe deve vir com  Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello, Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus fernandes, Léo valencia; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Aguirre (Brenner).

 O Nacional também deve ser o mesmo da partida no Defensores Del Chaco e deve vir com Santiago Rojas; Diego Melgarejo, Victor Velázquez, Ariel Benítez e Miguel Paniagua; Luis Miño, Danilo Santacruz, Derlis Orué e Ricardo Clarke; Sergio Fretes e Nery Cardozo - Técnico: Celso Ayala.

VAVEL Logo