Zé Ricardo explica substituições, entende críticas e apoia grupo do Botafogo: "Não é sem vergonha"
Foto: Matheus Henrique/VAVEL Brasil

Zé Ricardo explica substituições, entende críticas e apoia grupo do Botafogo: "Não é sem vergonha"

Equipe carioca deixou campo do Estádio Nilton Santos sob vaias após derrota por 1 a 0 para o Bahia, concorrente direto na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

mathenrique
Matheus Henrique

Zé Ricardo foi apontado pela torcida do Botafogo como um dos responsáveis pela derrota para o Bahia, neste sábado (20). Na partida, a equipe carioca mostrou desorganização e terminou sob gritos de “time sem vergonha". Na entrevista coletiva após o jogo, o treinador chamou a responsabilidade da derrota e naturalizou as reclamações dos fãs alvinegros.

“Torcida está no seu direito, uma frase velha, tem direito de reclamar, mas sem dúvida esse grupo não é sem vergonha, trabalha muito. Posso falar com tranquilidade, tem muito brio e vai provar isso nas próximas partidas. Acabam atrapalhando mais que ajudando, mas é nossa profissão, sabemos disso. Nos momentos bons eles serão aplaudidos, endeusados, e nos ruins serão crucificados. Tem que saber lidar com isso”, comentou Zé.

As substituições de Zé Ricardo não surtiram efeito e foram os principais pontos de críticas. Desta vez, o treinador utilizou as três mudanças possíveis, todas no segundo tempo. Primeiro, Jean deu lugar a Erik, no momento em que Bochecha e Pimpão eram os mais visados pela torcida. Em seguida, ambos deram lugar a Brenner e Marcus Vinicius, respectivamente. O treinador explicou as mudanças.

"São situações que a gente prepara como estratégia. Dos três homens, deixei os com capacidade de criação melhor, o Gustavo (Bochecha) e o Rodrigo (Lindoso). Entramos com o Marcos (Vinícius) que estava fora há bastante tempo, mas tem poder bom de criação. Com a entrada do Brenner trouxemos o Marcos para trás, tem boa bola profunda, pode servir Kieza e Brenner. Infelizmente não estávamos em tarde feliz”, disse o treinador do Botafogo. 

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Para a partida, Zé Ricardo conta com os retornos de Joel Carli e Matheus Fernandes, suspensos, além de Leo Valencia, que volta de lesão.

“A gente tem que contar com todos. Se for jogando ou no banco, pensamento positivo, só dessa forma vamos conseguir sair desse momento ruim que nos encontramos. Tentar manter a clama, serenidade", finalizou Zé Ricardo.

VAVEL Logo

Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 10 dias
há 12 dias