Presidente da FFERJ admite direito do Fluminense de ficar no
setor sul do Maracanã
FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.

Presidente da FFERJ admite direito do Fluminense de ficar no setor sul do Maracanã

Rubens Lopes afirmou que não havia possibilidade de um adiamento da partida 

jessicaalbuquerque
Jéssica Albuquerque

Neste domingo (17), o presidente da FFERJ, Rubens Lopes, falou sobre impasse envolvendo Fluminense, Vasco e o setor sul do Maracanã na final da Taça Guanabara. Após a decisão, em entrevista ao A Última Palavra da Fox Sports, ele admitiu que o Vasco não deveria ficar no setor sul.

Houve um desencontro. O Maracanã, talvez na tentativa de captar o Vasco para colocar suas partidas no estádio, ele precisa movimentar o local, fez algumas concessões ao Vasco, de repente sem poder fazer por contrato que ele tinha com o Fluminense. Uma coisa que não estava efetivamente pacificada e deu esse imbróglio todo” disse.

Quando questionado se poderia ter ocorrido o adiamento da partida por conta da falta de acordo entre os clubes, Rubens Lopes negou a possibilidade e alegou a falta de datas disponíveis no calendário brasileiro.

"Impossível (adiar o jogo). Não temos data, o campeonato encerrava aqui, qualquer adiamento o campeonato seria encerrado agora, não temos data. E envolve Conmebol Libertadores, Copa do Brasil, Sul-Americana. Não nos foi possível e recorremos ao entendimento do Estado e da segurança policial" encerrou.

VAVEL Logo