Odair ressalta
insatisfação com empate no Gre-Nal: “Merecíamos um resultado melhor”
Ricardo Duarte/Internacional

Odair ressalta insatisfação com empate no Gre-Nal: “Merecíamos um resultado melhor”

Técnico também afirmou que Grêmio foi ao Beira-Rio buscando empate 

isabella-molina
Isabella Molina

O Internacional recebeu o Grêmio, neste domingo (14), pelo primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho. As equipes empataram sem gols e a decisão ficará para o jogo de volta, na Arena do Grêmio.

Odair Hellmann, técnico do Colorado, concedeu entrevista após o Gre-Nal. O comandante falou sobre o desemprenho do time e acredita que o resultado não foi justo.

“Nós merecíamos um resultado melhor. Como o futebol não é justo nas suas definições, não conseguimos ser efetivos. Mas criamos mais situações de perigo. O Grêmio teve uma, com o Everton. Eu acho que nós buscamos, desde o primeiro até o último minuto, vencer a partida. Após a parada, tivemos que reestabelecer taticamente o time, que respondeu de novo e tomou conta do jogo. No segundo tempo, também. Hoje, a bola não entrou. Mas, se fosse para ter um vencedor hoje, seria o Internacional”, afirmou o treinador.

O técnico também garantiu que, como o resultado ainda está indefinido, irá pensar nas estratégias que serão usadas para buscar o título na próxima quarta-feira (17).

“Nós vamos para a Arena buscar a vitória que nos dá o título, da mesma forma que a gente tem jogado. Eu acho que ficou claro que o Grêmio veio aqui para buscar o empate, para não perder. Em todas as ações o Grêmio teve, dentro do jogo, e principalmente no segundo tempo, aquelas situações que a gente, que é do futebol, conhece para tentar levar o jogo para a Arena. Só que não está decidido o campeonato. O jogo está em aberto para os dois e não é porque o Grêmio vai jogar dentro da Arena que as coisas estão decididas. Elas vão se resolver lá dentro do campo. Agora, vamos descansar primeiro e, depois, vamos pensar no tipo de estratégia que iremos usar”, garantiu Hellmann.

O comandante encerrou a entrevista afirmando que não falaria nada sobre a arbitragem ou o técnico da equipe rival.

“Eu não vou falar do Renato nem do árbitro. Aqui, no Rio Grande do Sul, tudo passa pelo Renato. Tem que parar com isso aí. Não vou falar do Renato nem do juiz”, finalizou.

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo