Série de três jogos seguidos no Rio pode ajudar começo de trabalho de Barroca no Botafogo
Divulgação\Botafogo

Após a derrota por 2 a 0 para o São Paulo no Morumbi, pela rodada de estreia do Campeonato Brasileiro de 2019, o Botafogo terá uma sequência de três jogos seguidos dentro de casa. Está é a oportunidade ideal para o novo comandante, Eduardo Barroca, engatar bons resultados logo no início da competição.

A série de partidas no Rio de Janeiro começa no Nilton Santos, nesta quinta-feira, às 20h, contra o Bahia. No dia 5 de maio, a equipe volta ao estádio para enfrentar o Fortaleza, às 16h. Para finalizar a sucessão de jogos na cidade maravilhosa, o Alvinegro encara o Fluminense, no Maracanã, no dia 11, às 16h.

Ter um bom aproveitamento na disputa destes nove pontos como mandante é muito importante para Barroca dispor de um ambiente mais calmo neste começo de trabalho a frente do Glorioso.  Antes da parada para a Copa América, o Botafogo ainda vai jogar mais duas partidas no Rio (contra Vasco e Grêmio), nos dias 2 e 12 de junho – ambas no Nilton Santos.

O número de jogos dentro de casa antes da pausa para o torneio continental poderia ser ainda maior, porém o clube decidiu vender o embate contra o Palmeiras, pela sexta rodada, para Brasília. Com a transferência da disputa para o Estádio Mané Garrincha, o Alvinegro arrecadou R$ 650 mil, com direito a hospedagem e translado já pagos.

Em sua chegada ao time, o treinador comentou sobre como está sequência de jogos no Rio pode ser importante para a equipe largar bem na competição.

“O Botafogo nas quatro primeiras rodadas do Brasileiro vai jogar três vezes no Rio. Nas nove rodadas até a Copa América, são seis jogos no Rio (com a mudança para Brasília, serão 5 jogos). Teremos algumas semanas cheias para trabalhar. Pauto muito a minha vida em cima de coragem, confiança. Sou de Del Castilho, a dez minutos andando do Nilton Santos. Com 36 anos, estou dirigindo um dos maiores clubes do pais. Sigo pautado pela coragem. O Botafogo tem que ser protagonista em qualquer competição que disputa”, discorreu o técnico em sua apresentação.

Outra boa notícia para o torcedor botafoguense é o provável retorno do camisa 7 para o próximo compromisso do clube. Depois de ter que improvisar Erik na posição de atacante centralizado, o treinador terá Diego Souza a sua disposição para fazer a função. O centroavante treinou com os reservas na última sexta-feira, e ao que tudo indica, está recuperado do estiramento sofrido na coxa esquerda.

Já o lateral-esquerdo Jonathan deve desfalcar a equipe contra o Bahia. O jogador sofreu uma entorse no joelho direito durante o confronto contra o São Paulo no último sábado, e não deve estar apto para enfrentar o tricolor. Gilson e Victor Lindenberg – que estava emprestado ao Santa Cruz-RN – vão brigar pela vaga.

VAVEL Logo