Edina Alves será a primeira árbitra de um jogo da Série A após 15 anos
(Foto: Kin Saito/CBF)

Edina Alves será a primeira árbitra de um jogo da Série A após 15 anos

O duelo entre CSA e Goiás será o primeiro apitado por uma mulher depois uma década e meia

samuel-de-oliveira
Samuel Oliveira

O confronto entre CSA e Goiás, na próxima segunda-feira (27), válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, terá um sentimento especial na vida de Edina Alves. A paranaense será a primeira mulher a apitar uma partida do Brasileirão em 15 anos.

A última partida em que uma mulher foi árbitra foi no dia 15 de outubro de 2005, na vitória do Paysandu por 2 a 1 em cima do Fortaleza, no Castelão. Na ocasião, Silvia Regina capitaneou a partida. Coincidentemente, Silvia será a supervisora do VAR no jogo.

A escolha por Edina foi comemorada por Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF. Segundo Gaciba, a árbitra foi merecedora da escolha.

"Eu só consigo ver meus árbitros como pessoas iguais. Acho que ela serve como exemplo não só para mulheres, mas para todos. A Edina era bandeira, abriu mão do escudo da FIFA, de árbitra internacional, porque tinha o sonho de ser árbitra central. Então, ela voltou às categorias de base, começou a apitar na base, largando o escudo internacional de auxiliar. Ela já conseguiu alcançar o quadro internacional como árbitra central e, hoje, está chegando na Série A. Para mim, ela é um exemplo para todo mundo", destacou Gaciba.

Ao lado de Edina, Neuza Back será a assistente da partida. Ambas serão as representantes da arbitragem brasileira na Copa do Mundo Feminina, que começa em junho.

VAVEL Logo