Santos domina Atlético-MG, vence e chega à vice-liderança
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos se recuperou da eliminação para o Atlético-MG na Copa do Brasil e venceu por 3 a 1 o adversário neste domingo (9), válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, com gols de Eduardo Sasha, Jean Mota e Carlos Sánchez, Alerrandro descontou para o Galo.

A vitória coloca o Peixe na segunda posição do Brasileirão, com 17 pontos, dois a menos do que o líder, Palmeiras, que ainda aguarda o julgamento do STJD diante da polêmica na partida contra o Botafogo.

Santos objetivo

A equipe comandada por Sampaoli entrou em campo pressionado pela torcida após a eliminação na Copa do Brasil, na última quinta-feira (6) no Pacaembu. A equipe precisava de uma vitória simples, porém acabou derrotada por 2 a 1 e deu adeus ao torneio.

Quis o destino, que o clube mineiro fosse novamente o rival do Santos pelo Campeonato Brasileiro. Na Vila Belmiro e com final feliz para os santistas, que mais uma vez contou com Everson embaixo das traves, o goleiro começou as últimas duas últimas partidas entre os 11 iniciais.

Com a pressão pela vitória o Peixe começou a partida indo para cima do Atlético. Logo aos dois minutos, Jorge cruzou e a bola sobrou para o volante Jean Lucas, que bateu forte para boa defesa de Victor.

Não demorou muito para a equipe assustar o Galo novamente. Marinho, Sasha e Victor Ferraz fizeram ótima jogada, que acabou com a finalização do camisa 31 de fora da área, a bola acertou a trave esquerda de Victor.

O gol saiu no fim da primeira etapa. Jean Mota na bola parada cruzou na área e Eduardo Sasha, de costas para a meta, fez o cabeceio. A bola pega efeito e morre no fundo das redes, sem chances para Victor.

Já aos 45 minutos, o VAR entrou em ação para assinalar pênalti para o Santos. Jean Mota cobrou rasteiro, no lado direito e ampliou o placar antes do intervalo.

Atlético assusta, mas Sánchez garante a vitória

O segundo tempo começou com o Atlético esboçando uma reação, mas quem teve a primeira grande chance foi o Peixe, com Eduardo Sasha. Aos sete minutos, Soteldo fez boa jogada no meio e deu o passe para o atacante, que perdeu a oportunidade ao chutar para fora.

Porém, o Galo estava vivo na partida, aos 13 da segunda etapa, Ricardo Oliveira obrigou Everson a fazer defesa precisa. O ex-santista cabeceou após cruzamento de Patric pelo lado direito, mas o goleiro do Santos pulou para salvar a equipe.

Aos 26 da etapa final, Alerrandro, que entrou em jogo três minutos antes, recebeu ótimo passe de Patric e bateu cruzado para diminuir o placar. A joia atleticana continuou no ataque e aos 30 minutos quase empatou após rebote do cruzamento de Patric.

Quando o time mineiro estava melhor no jogo, a solução veio do banco. Carlos Sánchez entrou na vaga de Marinho, cobrou a falta no ângulo esquerdo adversário, sem chance para Victor.

Sánchez ainda perdeu a chance do quarto, após desperdiçar o cruzamento de Felipe Jonatan do lado esquerdo. A bola passou em frente ao gol, mas o meia finalizou mal. 

VAVEL Logo