Diego Alves encara defesa de pênaltis com naturalidade, mas se diz 'feliz em ajudar'
(Foto: Divulgação / Diego Alves)

Diego Alves encara defesa de pênaltis com naturalidade, mas se diz 'feliz em ajudar'

Goleiro do Flamengo comemora atuação e vitória diante do Vasco em Brasília

lucas-sousa
Lucas Sousa da Silva

Diego Alves caiu novamente nas graças da torcida do Flamengo. O goleiro, que recentemente alternou entre bons e maus momentos e chegou a ser vaiado contra o Botafogo, defendeu dois pênaltis na goleada por 4 a 1 contra o Vasco neste sábado (17) e teve seu nome gritado no Mané Garrincha, em Brasília.

Há três semanas, contra o Emelec, Diego já havia ajudado o Flamengo a se classificar na Libertadores defendendo o pênalti de Dixon Arroyo. Contra o Vasco, o goleiro fez duas grandes defesas na marca da cal, contra Yago Pikachu, enquanto o jogo estava 2 a 0 para o Rubro-Negro, e depois, quando a partida estava 3 a 1, defendeu cobrança de Bruno César.

"Segunda vez que acontece de defender (dois pênaltis em um jogo). Uma foi no Valencia, contra o Atlético de Madrid. Tento encarar isso com naturalidade. É uma coisa diferente. A torcida quer que pegue todos os pênaltis, mas é difícil. Quando se ajuda o time, a gente sai com orgulho do campo", disse.

Sobre a mudança dos cobradores, e qual era a estratégia utilizada, Diego foi sucinto na explicação "Concentração, tranquilidade, tentar desestabilizar o batedor... O importante é que a gente ganhou. Independentemente do momento, sigo sendo o mesmo goleiro e quero ajudar a todo momento. Vamos seguir em busca dos títulos", ressaltou.

Em entrevista à FlaTV, Diego ressaltou a raridade do feito e dividiu o mérito com o restante do grupo. "Independente dos pênaltis, fico feliz pelos jogadores que conseguiram fazer um grande jogo. Não são todas as vezes que acontece isso (defender dois pênaltis), mas fico feliz em poder ajudar. Isso é para o grupo, eles merecem. Estamos trabalhando forte e agora é descansar porque quarta-feira tem mais".

A goleada sobre o principal rival deu moral ao Flamengo para enfrentar o Internacional pela Libertadores, na próxima quarta-feira (21) às 21h30 no Maracanã.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo