Vale a taça! Sampaio Corrêa e Náutico decidem o título da Série C
Foto: Léo Lemos/Náutico

Sampaio Corrêa e Náutico se enfrentam neste domingo (6), às 16h, no Estádio Castelão, em São Luís. As equipes decidem o título do Campeonato Brasileiro Série C de 2019. O Timbu entra em campo com vantagem, enquanto a Bolívia Querida terá que buscar a primeira vitória sobre o rival na temporada para ficar com a taça.

No jogo de ida, a equipe alvirrubra venceu por 3 a 1. Com isso, o Náutico joga por qualquer empate e pode até perder por um gol de diferença que vai conquistar o primeiro título nacional de sua história.

Já o Sampaio, por sua vez, terá que vencer por três ou mais gols de vantagem para se tornar bicampeão da Série C. Caso o time maranhense vença por dois gols de diferença, o título será decidido nos pênaltis.

Força das arquibancadas

Além da necessidade da vitória, o Sampaio Corrêa terá a difícil missão de reverter a vantagem do Náutico. Para isso, o técnico João Brigatti conta com o fator casa e pretende entrar em campo com uma proposta de jogo ofensiva. Assim, Rodrigo Andrade deve começar entre os titulares na vaga de Lucas Hulk.

Retornando de lesão, Paulo Sérgio volta a compor a dupla de zaga com Odair. Outro que pode pintar na escalação é Romano. Logo, o Sampaio deve ir a campo com a seguinte formação: Andrey; Everton, Paulo Sérgio, Odair e João Victor (Romano); Ferreira, Eloir e Rodrigo Andrade (Lucas Hulk); Esquerdinha, Roney e Salatiel Júnior.

Foco e pés no chão

Adotando um discurso cauteloso, o Náutico embarcou para São Luís com uma baixa importante. O zagueiro Camutanga, um dos destaques do Timbu na temporada, rompeu os ligamentos do joelho e desfalcará a equipe alvirrubra por sete meses. Para substituí-lo, Gilmar Dal Pozzo deve escolher Fernando Lombardi ou Rafael Ribeiro.

Em contrapartida, Matheus Carvalho, que cumpriu suspensão automática no jogo de ida, está à disposição do técnico alvirrubro. Assim, o Náutico deve começar a partida com Jefferson; Hereda, Diego Silva, Lombardi (Rafael Ribeiro) e Wilian Simões; Josa, Jhonnatann e Jean Carlos; Alvaro, Matheus Carvalho e Wallace Pernambucano.

VAVEL Logo