Em jogo morno, Avaí e Vasco empatam sem gols
Foto: Reprodução/Vasco

Avaí e Vasco empataram sem gols, na noite desta quinta-feira (10), no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fraco tecnicamente, o jogo pode ter marcado a despedida do técnico Alberto Valentim do Leão, já que ele deve aceitar a proposta do Botafogo.

Com o empate, o Vasco caiu uma posição, passando a ser o 14º colocado com 28 pontos. O Avaí, por sua vez, é o vice-lanterna e soma 17. Ambas as equipes voltam a campo no próximo domingo (13), às 16h. Os catarinenses visitam o Ceará, enquanto o Cruzmaltino recebe o Fortaleza, em São Januário.

Poucas chances, nível baixo

A primeira etapa começou com um ritmo morno. As duas equipes trocavam passes na linha defensiva e arriscavam muito pouco no ataque. Quando iam, apelavam para as jogadas em velocidade, com Ribamar e Rossi pelo Vasco, e Caio Paulista pelo Avaí. 

O Avaí passou a forçar jogadas pelos lados do campo, principalmente nas costas do lateral esquerdo do Vasco, Danilo Barcelos. O Cruzmaltino torcia para que o jovem Talles Magno resolvesse a partida em alguma jogada individual.

A nota triste da etapa inicial ficou por conta do prejuízo pelo lado avaiano. Alberto Valentim foi forçado a realizar duas alterações, o que prejudicou o desempenho da equipe na partida.

Mesmo filme

Vanderlei Luxemburgo apostou em substituições para tentar mudar o ritmo do jogo. Rossi achou o volante Richard que, de frente pro gol, se atrapalhou e chutou pra fora. Ribamar também teve uma boa oportunidade, mas não aproveitou. O Avaí respondeu com Caio Paulista, mas também não teve sucesso.

Melhor em campo, o Vasco seguiu pressionando. Em cobrança de escanteio, Ribamar acertou a trave do goleiro Vladimir. O final do jogo foi de muita correria de ambos os lados e pouca técnica, um resumo do que foi a partida que terminou mesmo sem gols.

VAVEL Logo