Bragantino supera Operário e título da Série B pode ser conquistado nesta rodada
Foto: Divulgação/Bragantino

Mesmo com o acesso garantido há uma semana, o Bragantino não apresenta relaxamento nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro da Série B 2019. Na noite desta terça-feira (12), a vítima foi o Operário Ferroviário, em jogo disputado no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Ytalo e Morato marcaram aos sete minutos de cada tempo no confronto válido pela 35ª rodada da competição nacional.

Com o resultado, o Massa Bruta chegou aos 71 pontos e pode conquistar o título de bicampeão da Série B ainda nesta rodada se o Sport não vencer o Botafogo de Ribeirão Preto na noite desta quarta-feira (13). Por outro lado, as chances do Fantasma de acesso que eram muito remotas se tornaram impossíveis. A equipe paranaense agora cumpre tabela, uma vez que eliminou também as possibilidades de rebaixamento.

A próxima rodada, a antepenúltima deste certame, vai ser disputada no fim de semana. O Bragantino enfrenta o Criciúma às 19h15 da sexta-feira (15) no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista/SP. Caso o título não venha no meio da semana, esta partida deve sacramentar o bicampeonato da Série B ao líder. Por sua vez, o Operário Ferroviário irá medir forças contra o Guarani, às 16h30 do sábado (16), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas/SP.

Bragantino abre vantagem

O Operário Ferroviário começou a partida no ataque. Um dos melhores mandantes da competição queria comprovar diante do líder o porquê do fator casa ser tão decisivo para a boa campanha paranaense em sua primeira participação na Série B. A primeira boa chance aconteceu para os mandantes aos cinco minutos de jogo. Rafael Chorão lançou para Lucas Batatinha. O atacante entrou na área, cortou o zagueiro e bateu colocado. O goleiro Júlio César se esticou todo e fez a defesa com a ponta dos dedos.

A resposta do Bragantino foi perfeita. Morato avançou pela direita e cruzou rasteiro para o meio da área. Ytalo arremata, o goleiro Rodrigo Viana tentou fazer a defesa, mas a bola passou por seu braço. Esse gol foi determinante para determinar o ritmo do primeiro tempo. O Operário dominou o primeiro tempo com maior presença no ataque, enquanto o Bragantino cadenciava a partida com a marcação no meio de campo, que não foi suficiente para conter o ímpeto do Fantasma. Na primeira tentativa, Felipe Augusto encontrou espaço para deixar Lucas Batatinha na cara do gol, mas a finalização saiu por cima. Em seguida, Rafael Chorão recebeu na área e bateu colocado, mas Júlio César novamente apareceu com boa defesa. Os paulistas voltaram a aparecer nos momentos finais, quando Morato teve a chance de finalizar, mas perdeu tempo e espaço.

Bragantino amplia e sacramenta vitória

Se a postura do Bragantino foi um pouco desatenta no primeiro tempo, principalmente depois de ter aberto o placar, o segundo tempo foi na direção oposta. A prova de que a equipe acordou no lance que resultou no segundo gol. Aos sete minutos, a zaga do OFEC errou no campo defensivo, Ytalo roubou a bola e passou para Morato. O atacante conduziu até a entrada da área para chutar forte e balançar as redes. Um golaço.

O Operário permaneceu com mais volume ofensivo, mas encontrava dificuldade porque a marcação adversária ficou fortalecida. As jogadas dos donos da casa passaram muitas vezes pelos pés do lateral Maílton. Aos 26 minutos, John Lennon cruzou e Rafael Chorão testou por cima da meta. A chance mais clara ocorreu aos 37 minutos, quando Uilliam recebeu com espaço após longo lançamento, mas Júlio César fechou o ângulo. Nos acréscimos, Uilliam novamente foi acionado ao receber lançamento, mas o arqueiro do Bragantino novamente se agigantou e fechou o ângulo. Foi encoberto, mas o chute não teve direção.

VAVEL Logo