Sem sustos, Corinthians atropela Avaí e se mantém no G-8
(Foto: Alan Morici / Corinthians)

Nesta quarta-feira (27), na Arena Corinthians, pela 35ª rodada da Série A, o Corinthians saiu vencedor pelo placar de 3 a 0 contra o Avaí, com gols marcados por Gustavo, Júnior Urso e Boselli. Com a vitória, o Timão subiu para a sétima posição na tabela, com 53 pontos conquistados, enquanto o time catarinense, já rebaixado para a Série B de 2020, amarga a lanterna da competição, com apenas 18 pontos.

Primeira etapa sem muitas chances

No início do primeiro tempo, o Avaí teve as melhores chances. Com marcação alta, pressionando o Corinthians, a equipe ocasionou duas oportunidades de abrir o placar em Itaquera, com Caio Paulista, mas parou em Cássio. O Timão encontrava dificuldades para se armar e transicionar a bola da defesa para o ataque. Foi aí que surgiu a individualidade de Pedrinho que, aos 14 minutos, acendeu a primeira chance dos mandantes após boa jogada individual. O chute acabou saindo por cima do gol do arqueiro Vladimir.

Ainda com dificuldades, o Corinthians só achou o gol através da bola parada. Aos 22 minutos, após escanteio cobrado por Clayson, Gustavo apareceu livre de marcação para cabecear e abrir o placar da partida. Depois do gol, o time paulista conseguiu tranquilizar e ter controle do jogo, mas ainda faltava o poderio ofensivo frente à defesa do Avaí.

Domínio total alvinegro

Na etapa complementar, domínio total do alvinegro. Com uma postura mais agressiva, o time já conseguiu ampliar o marcador aos oito minutos, depois de Gustavo achar Júnior Urso, como homem surpresa, na pequena área. O volante concluiu para gol com excelência, na saída de Vladimir, fazendo 2 a 0. O Avaí, dentro das suas limitações, não conseguiu mais assustar e só se retraiu no campo defensivo.

O Corinthians pressionava principalmente pelas pontas, com Pedrinho tendo mais profundidade, fazendo a bola chegar até Clayson e Janderson. Embora estivesse criando mais, faltava efetividade para marcar o terceiro.

Com 31 minutos passados, o técnico Dyego Rocha optou por fazer uma mudança que surtiu efeito no setor ofensivo do Timão. O treinador tirou o ponta Janderson e colocou Jadson, que ainda não havia entrado em campo depois da saída do técnico Fábio Carille. Com a entrada do meia, o time ganhou em mobilidade e se impôs uma nova dinâmica. Pedrinho teve mais liberdade e, depois da entrada de Boselli no lugar de Gustavo, o meia achou Fagner pela direita que, com um cruzamento perfeito, achou o argentino em perfeitas condições para finalizar. O atacante experiente teve a frieza de concluir para o gol de peito, sacramentando a vitória por 3 a 0.

Próximos compromissos

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Atlético Mineiro, na Arena Independência, às 18h do domingo (1). O Avaí recebe o Fluminense, na Ressacada, às 16h, também no domingo.

VAVEL Logo