Emocionado, Dudu se despede do Palmeiras: “Foi tudo para mim”

Foto: Cesar Greco / SE Palmeiras

O atacante Dudu assinou, nesta segunda-feira (20), com o Al Duhail, do Catar, deixando o Palmeiras após cinco anos e meio no clube e três títulos conquistados pela equipe. O jogador foi emprestado por um ano, com opção de compra ao final do contrato.

Em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com, realizada virtualmente, Dudu se emocionou ao agradecer o clube paulista pelas oportunidades proporcionadas.

“O Palmeiras, para mim, foi tudo. Foi onde me tornei um jogador melhor, uma pessoa melhor. Dá até um nó na garganta. Quero agradecer por tudo que o Palmeiras me proporcionou. Fico até triste por estar deixando o Palmeiras, mas feliz por estar começando um novo ciclo”, disse o atleta.

O jogador ainda disse que os problemas decorrentes da acusação de agressão feita pela ex-esposa, Mallu Ohana, pesou em sua decisão de ir para o Catar.

“Estava ciente da proposta, mas não estava pensando muito. Mas quando aconteceu o problema com a mãe dos meus filhos, eu pensei. Todo dia uma matéria, uma entrevista, uma mentira diferente. Sei que não ia ter a paz que preciso ter para jogar futebol. Decidi que era o momento para vir para o Catar. Agradeci muito ao presidente por ter insistido. Se fosse outro time, não teria me contratado, teria desistido. Eles insistiram, confiaram nas pessoas que trabalham comigo”, revelou.

Ao ser questionado dos motivos de sua emoção durante a entrevista, Dudu contou que, um deles, é saber que não vestirá mais a camisa alviverde.

“Tudo um pouco, né? De saber que não vou mais vestir a camisa do Palmeiras, que não vou estar mais dentro do estádio, que não vou escutar mais o grito da torcida. A gente, que gosta do clube, que passou pelo clube, deixou história bonita dentro do clube, amizades dentro do clube... A gente sabe que vai ficar para sempre guardado na memória, no coração da gente. O Palmeiras está sempre no meu coração”, falou o atleta.

Dudu também comentou que sai do Palmeiras realizado pelas conquistas com o clube e que pretende voltar para terminar sua passagem pelo clube.

“Saio bem realizado, bem tranquilo, bem feliz. A gente sabe que poderia ter conquistado mais, ter chegado a uma final de Libertadores, que, a meu ver, em 2018 foi por pouco. Mas saio com o coração tranquilo, porque sempre procurei defender essa camisa com muito amor, com muito carinho. Não é um adeus, é um até breve. Espero voltar para terminar essa trajetória. Que tenha tanto sucesso quanto foi essa minha primeira passagem no Palmeiras”, declarou.

VAVEL Logo