Diante do Santos, Internacional busca manter máximo aproveitamento na Série A
Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional

Nesta quinta-feira (13), o Internacional recebe o Santos, no Beira-Rio, às 19h30 (de Brasília), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Colorado quer mais uma vitória para seguir na parte de cima da tabela de classificação. Já o Peixe, com o técnico Cuca, quer espantar a crise e buscar o seu triunfo na competição nacional.

Retrospecto

Se levarmos em consideração apenas os jogos do Brasileirão, o Internacional leva uma ligeira vantagem sobre o Santos. São 22 vitórias, contra 19 santistas, além de 18 empates. Outro quesito em que os gaúchos levam vantagem é em jogos como mandantes. Sendo apenas sete vitórias santistas, com 14 empates e 19 derrotas. Em compensação, na Vila Belmiro, os números são o oposto, com 19 triunfos do Peixe, sete do Internacional e sete empates.

Internacional mira boa sequência no Brasileirão

Na estreia do Campeonato Brasileiro, no último sábado (8), o Internacional venceu o Coritiba por 1 a 0 no Couto Pereira, e busca uma vitória diante do Santos, em casa, para embalar uma boa sequência nesse começo de campeonato.

O técnico Eduardo Coudet pode mexer no time. Boschillia e Thiago Galhardo, poupados na estreia do Brasileirão, devem retomar as posições no time titular. Nos casos de Edenilson e Musto, que também estiveram fora da última partida por conta de problema muscular, o treinador vai esperar até o minuto final para saber se conta com a dupla.

O centroavante  Paolo Guerrero comemora dois anos vestindo a camisa do Internacional. E em entrevista o camisa 9 celebrou a vitória diante do Coritiba, mas quer novamente os três pontos e sem dar chances ao Santos.

"Um jogo importantíssimo. A gente começou bem, com o pé direito. Todos jogos têm que ser histórias diferentes. Tem que ir jogo a jogo, focar para amanhã, saber que jogamos em casa. Temos que jogar muito concentrados, não podemos dar chance ao rival. Que seja um grande jogo e que a gente consiga os três pontos", disse.

Provável escalação: Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Fuchs, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Marcos Guilherme, Praxedes (Patrick) e Boschilia; Thiago Galhardo e Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.

Findar jejum de vitórias

O Peixe está há exatamente cinco meses sem vencer, e agora sob o comando do técnico Cuca, o time da baixada santista quer paz. Na estreia do Brasileirão, deixou a vitória escapar nos acréscimos, quando sofreu o empate em 1 a 1 do Bragantino, em jogo disputado na Vila Belmiro. Nesta quinta-feira (13), o Santos quer retomar os eixos diante do Internacional. Não será uma tarefa muito fácil, uma vez que o Alvinegro da Vila Belmiro não vence os gaúchos no Gigante da Beira-Rio há 12 anos.

No último treino antes de enfrentar o Internacional, o técnico Cuca fez uma mudança defensiva: o zagueiro Luiz Felipe treinou na vaga do centroavante Kaio Jorge, com mudança no esquema tático para 3-5-2. Dessa forma, Pará e Felipe Jonatan seriam alas, enquanto Marinho e Soteldo ficariam livres à frente. O treinador não vai poder contar com Jean Mota e Daniel, duas opções para o banco de reservas, por problemas físicos.

Titular na estreia do Brasileirão, o lateral-esquerdo Felipe Jonatan poderá alcançar na partida contra o time gaúcho a marca de 50 jogos com a camisa do Santos. Ele chegou ao Peixe no primeiro semestre de 2019 e, desde então, entrou em campo 49 vezes e marcou dois gols.

Neste ano, apesar de ainda não ter balançado as redes, o camisa 3 santista é o líder de assistências do elenco do Alvinegro Praiano, com três registros, ele divide a primeira colocação com o venezuelano Soteldo. Curiosamente, o primeiro dos dois tentos anotados pelo jogador aconteceu justamente em Porto Alegre, na estreia do Brasileirão 2019, contra o Grêmio.

“As recordações daquele dia são as melhores possíveis. Também era início de campeonato, como agora, e era um jogo muito difícil. Sabemos a dificuldade que é jogar no sul contra Grêmio e Internacional, mas tenho boas recordações e espero repetir a boa atuação nesse nosso próximo jogo contra o Internacional”, falou.

O duelo com o Internacional será o segundo do Santos com o técnico Cuca no comando da equipe, que está em sua terceira passagem pela equipe santista. Contra o Red Bull Bragantino, o treinador teve apenas dois dias de trabalho. As atividades foram intensificadas durante os últimos dias e, de acordo com Felipe Jonatan, podem fazer o torcedor ver um pouco mais da nova cara da equipe.

“A gente já conhece o Cuca há algum tempo. Eu particularmente nunca havia trabalhado com ele, mas sempre acompanhei e é um treinador que possui grandes trabalhos. Ele é muito qualificado e tenho certeza que vai agregar muito. Antes da estreia ele teve apenas dois dias, então ainda não deu para colocar totalmente a cara que ele quer, mas, com um pouco mais de tempo para a partida contra o Internacional, tenho certeza que vamos jogar um pouco mais do jeito pedido pelo Cuca e faremos uma grande partida”, finalizou.

Provável escalação: Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Soteldo, Marinho e Kaio Jorge. Técnico: Cuca.

VAVEL Logo