Renato Portaluppi exalta tricampeonato e reconhece partida abaixo do Grêmio
Foto:  Reprodução/Grêmio TV

Na Arena, o Grêmio perdeu para o Caxias neste domingo (30) pelo placar de 2 a 1 e mesmo assim levantou a taça do Campeonato Gaúcho pela terceira vez seguida. A equipe da capital foi derrotada pela terceira vez em quatro jogos contra o time da serra, mas mesmo assim conseguiu manter um resultado necessário para ser campeão. Após a partida, Renato Portaluppi avaliou a partida ruim do tricolor e exaltou o título conquistado.

"A equipe hoje não teve nos melhores momentos. Mas o que importa é a volta olímpica. Hoje saímos na frente e deitamos na vantagem. Reconheço que erramos hoje, mas essas coisas eu acerto com meu grupo."

O Grêmio sagrou-se campeão consecutivo pela terceira vez após mais de 30 anos e Renato comentou a importância em conquistar mais um título histórico dentro do clube e destacou que qualquer taça vale a pena.

"O Grêmio, nos últimos quatro anos, não passou um ano sem conquistar título. Vamos continuar brigando duramente para conquistar mais um título. Gosto dos grandes desafios, e temos um grupo para brigar por títulos. Queremos dar mais alegrias ao torcedor."

Quando questionado sobre Diego Souza, artilheiro do Campeonato Gaúcho, e sobre o poder de recuperação do atacante, já que foi muito contestado pela torcida após o anúncio da contratação, o comandante elogiou o centroavante e disse que ele foi uma escolha tanto do presidente quando dele. Além disso, ressaltou que o jogador foi aprovado por líderes do grupo, como Maicon, Geromel e Kannemann.

"Conversei com o presidente para trazer ele (Diego Souza). Presidente também queria. Conversei com alguns líderes do grupo. Todos queriam o Diego aqui. Ele veio com o pensamento de ajudar, treinou, recuperou a forma física, e hoje está aqui nos ajudando."

Renato ainda falou sobre reforços. O comandante afirmou que o Grêmio está atento no mercado e que conversa diariamente com a diretoria sugerindo nomes.

"Sempre que eu puder ter um reforço, o presidente e o Klauss (Câmara) vão atender. O Grêmio está buscando mais um ou dois jogadores, se possível. Não adianta falar quem estamos buscando. A gente procura fazer tudo em silêncio."

Apesar do resultado negativo, o comandante ressaltou que o elenco nunca entrará em mediocridade com ele no comando e que vai cobrar quando os jogadores se acomodarem.

"O jogador não pode se acomodar, e eu jamais vou deixar meu grupo se acomodar. A seriedade é sempre a mesma. A gente está sempre chegando. A maior prova está aí, essa fome de títulos que temos no Grêmio. E essa hegemonia, a gente não pode perder nunca."

O Grêmio volta a campo nesta quinta-feira (03) contra o Sport na Arena do Grêmio, às 19h.

VAVEL Logo