Felipe Conceição relativiza empate no dérbi e elogia trabalho feito no Guarani
Felipe Conceição após Guarani 1 a 1 Ponte Preta (Thomaz Marostegan / Guarani FC)

O Dérbi Campineiro 198 acabou empatado. Na última terça-feira (05), no Brinco de Ouro da Princesa, Guarani e Ponte Preta ficaram no 1 a 1, em jogo válido pela 33ª rodada da Série B 2020.

Apesar da importância histórica do clássico, Felipe Conceição preferiu relativizar o tamanho da peleja e focar no trabalho realizado por ele no Bugre.

Nas palavras de Felipe Conceição, a evolução demonstrada entre um Guarani x Ponte Preta e outro deixa claro o quanto o treinador está correspondendo às expectativas do clube.

"Estamos em uma reta final de campeonato, estamos vivos na briga pelo acesso, ainda bem. E volto a repetir, há três meses, eu cheguei depois de um Dérbi, e se as pessoas assistirem esse dérbi para esse, com certeza eles vão ver o quanto o Guarani evoluiu, o quanto a gente é forte hoje e o quanto a gente está plantando para o futuro. É um caminho novo, é um caminho consistente e que a gente vai continuar trabalhando e com a alegria de saber que o Guarani está cada vez mais forte", destacou o técnico.

A primeira partida de Felipe Conceição no comando do Guarani foi no dia 13 de outubro, pela 16ª rodada da Série B 2020 - 1 a 0 ante o Cuiabá. Em 18 jogos, são dez vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

Acesso

Em outro momento, Felipe Conceição foi perguntado sobre as chances de acesso do Bugre. Além de, novamente, exaltar o trabalho realizado, o treinador destacou que o Campeonato Brasileiro 2021 pode ter, sim, o clube alviverde de Campinas.

O Bugre, hoje, está  com 48 pontos, quatro pontos atrás do Juventude - atualmente quarto colocado, com 52. Os campineiros estão na sexta colocação.

"Estamos vivos. Não perdemos hoje, somamos mais um ponto e temos cinco jogos aí, 15 pontos, para buscar o melhor para o Guarani dentro da competição e em um curto prazo. A médio e longo prazo, eu estou muito satisfeito com o que a gente está plantando no Guarani. É continuar na batalha, continuar na luta. A equipe está crescendo como um todo, a individualidade também está crescendo, e a gente vai continuar trabalhando e vendo onde a gente vai estar na última rodada, porque com certeza a gente vai estar perto do acesso ou dentro dele para brigar realmente por ele", finalizou o treinador.

O Guarani volta a campo na segunda-feira (11) para enfrentar o CRB fora de casa, às 20h.

VAVEL Logo