Operário resolve na bola parada e vence Confiança em Aracaju
Foto: Luiz Neto / AD Confiança

Com o objetivo de alcançar os 45 pontos já cumprido o Operário foi até Aracaju enfrentar o Confiança, nesta segunda (11), ás 20h, na Arena Batistão, e venceu de virada por 2 a 1. Com a vitória o Fantasma pula para a 8ª colocação, já o Dragão do Bairro Industrial segue na luta para chegar a pontuação de salvação contra o descenso.

Estratégia das Equipes

O técnico Daniel Paulista mandou a equipe a campo com o mesmo esquema que vem utilizando desde que retornou ao comando do clube, o famoso 4-3-3. Além da linha de quatro defensores, três volantes preencheram o meio-campo, sendo Amaral, Jeferson Lima e Rafael Vila, tendo como grande desfalque o volante Guilherme Castilho, um dos destaques do time. No ataque, Reis e Iago ocuparam os lados do campo, enquanto Renan Gorne foi a referência.

Já o treinador Matheus Costa mandou o time paranaense a campo com o famoso 4-2-3-1. Além dos quatro defensores, Pedro Ken e Leandro Vilela formaram uma dupla de volantes, onde Ken avançava com mais frequência, uma linha de três jogadores compôs o meio-campo. Rafael, Maranhão e Marcelo. Os dois primeiros ocuparam os lados do campo, enquanto o último foi o responsável por fazer a bola chegar com qualidade ao experiente centroavante Ricardo Bueno.

Gol relâmpago e equilíbrio com bola rolando

A primeira parte do jogo foi bem equilibrada. O Confiança abriu o placar logo cedo, ainda aos 7' em bela jogada de Iago, que fintou dois adversários e finalizou por baixo das pernas do goleiro Martín Rodríguez, mas após o tento o Operário conseguiu manter o equilíbrio.

A estratégia de ocupar o meio-campo com mais jogadores, pesou em favor do Fantasma. Enquanto o Dragão do Bairro Industrial contou com um meio-campo mais pesado, tendo uma trinca de volantes, os paranaenses povoaram com jogadores mais dinâmicos, casos de Pedro Ken e Marcelo. O camisa dez, inclusive, foi um dos bons destaques do primeiro tempo.

O time azulino utilizou bastante o lado esquerdo de ataque, contando com uma noite boa de Iago, que buscou e fez boas jogadas individuais, construindo algumas ocasiões partindo para cima do lateral Alex Silva. O Operário ainda chegou a colocar uma bola no travessão em tentativa de gol olímpico de Marcelo aos 26', mas, com bola rolando, pouco ameaçou o goleiro Rafael Santos.

Bola parada resolve e Fantasma vira o jogo

Na segunda etapa o jogo permaneceu com o mesmo cenário. O Operário mantendo mais a posse da bola, enquanto o Confiança apostava nas velocidades, principalmente com Iago. Assim como foi o gol do time azulino, o tento do Fantasma saiu logo cedo. Aos 53' Marcelo cobrou escanteio e após erro defensivo dos zagueiros e do goleiro Rafael Santos, Ricardo Bueno cabeceou e colocou a bola no fundo das redes.

Apesar da disposição das equipes a falta de criação persistiu. Pelo lado do Dragão do Bairro Industrial as principais jogadas ainda eram criadas por Iago, que teve facilidade em passar por Alex Silva durante todo o jogo. Já pelo lado do Fantasma a bola parada foi fundamental, tendo em Marcelo uma ótima opção nas cobranças.

E foi em uma cobrança de escanteio, que já nos acréscimos o Operário virou o placar. Marcelo cobrou escanteio, a bola sobrou para Reniê, que matou no peito e chapou bonito, sem chance de defesa para Rafael Santos.

Classificação e próximos confrontos

Com o resultado o Confiança ocupa a 14ª colocação, com 42 pontos conquistados, e na próxima rodada vai enfrentar o lanterna Oeste, sábado (16), às 21h, fora de casa. Já o Operário fica na 8ª posição, com 48 pontos somados, e na próxima rodada vai encarar o CRB, quinta (14), às 19h15, em casa.

VAVEL Logo