Donos das piores campanhas no Nordestão, Santa Cruz e Sport disputam clássico da sobrevivência
Anderson Stevens/Sport Recife

Não é de hoje que o futebol de Pernambuco mostra sinais de agonia. Enormes dívidas do passado e do presente fizeram com que o trio de ferro do Recife tivesse gestão forçosamente austera, o que resultou em contratações baratas e desempenho pouco convincente ao torcedor. O fato do Sport estar na primeira divisão do país não significa que o time rubro-negro é um ponto fora da curva. Muito pelo contrário, o panorama também preocupa.

Nesta quarta-feira (31), às 21h30, mais um Clássico das Multidões entre Santa Cruz x Sport, a ser disputado no Estádio José do Rego Maciel, o Mundão do Arruda, no Recife/PE, pela sexta e antepenúltima rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste 2021. Detentores de quatro títulos regionais, os eternos arquirrivais estão longe do favoritismo. Pelo contrário, lutam para não serem eliminados de maneira precoce, uma vez que tricolores e rubro-negros detêm as piores campanhas do Nordestão no momento.

De um lado, a Cobra Coral conquistou sua primeira vitória – surpreendente até – diante do Fortaleza, na última rodada. Do outro lado, o Leão nem isso conseguiu. As equipes ocupam as últimas posições dos grupos e vão ao tudo ou nada para ainda sonharem com vaga nas quartas de final do torneio.

Santa Cruz

Apesar do início turbulento, com sequência ruim de resultados e a interferência do coronavírus em deixar comissão técnica e parte do elenco fora de combate, a semana passada foi de esperança no lado do time da Beberibe. As vitórias sobre Fortaleza e Ypiranga-AP deram respectivamente os primeiros três pontos no Nordestão e a vaga na segunda fase da Copa do Brasil. Com alguns destaques novamente à tona, o time busca ampliar a boa fase com uma vitória diante do maior rival, que pode culminar na eliminação rubro-negra.

O técnico João Brigatti vai poder contar com o lateral-esquerdo Alan Cardoso, recuperado de tendinite sofrida no último fim de semana. Por outro lado, o zagueiro Danny Morais anunciou a aposentadoria e pretende encerrar a carreira em jogo disputado pelo Campeonato Pernambucano no Arruda. O volante Derley, contratado recentemente, ainda não está regularizado e está fora do clássico. O meia Marcos Vinícius ainda não tem retorno previsto aos gramados, mas o departamento médico liberou os laterais Augusto Potiguar e Leonan, o meia Jairo e o goleiro Martín Rodríguez.

Sport

O momento no Sport ainda mais tenebroso. Embora tenha vencido o Central no último fim de semana pelo Campeonato Pernambucano, a equipe vive muita instabilidade causada por resultados ruins, eliminação na primeira fase da Copa do Brasil, atuações ruins e clima de eleição à presidência leonina. A cobrança por uma postura diferente urge na Ilha do Retiro e cada vitória é um alívio para a comissão técnica. Caso não vença o clássico, as chances matemáticas ainda existem, mas será necessário vencer nas últimas rodadas e torcer por gigante combinação de resultados.

Com apenas dois pontos em cinco jogos disputados, o rubro-negro da Praça da Bandeira tem alguns problemas. O goleiro Carlos Eduardo fraturou o osso zigomático na face, será submetido a procedimento cirúrgico e deve ficar fora por três meses. Com isso, Luan Polli recupera a titularidade na meta. Além disso, com a chegada de novos reforços, o técnico Jair Ventura vê a oportunidade de usar esses jogadores para montar um esboço de formação inicial em meio a tantos jogos em curto período.

Ficha técnica Santa Cruz x Sport – Copa do Nordeste 2021, rodada #6

Estádio José do Rego Maciel, o Mundão do Arruda, no Recife/PE – 21h30 desta quarta-feira (31)

Santa Cruz – Jordan; Augusto Potiguar, William Alves, Célio Santos e Alan Cardoso; Caetano, Karl e Chiquinho; Madson, Pipico e Léo Gaúcho. Técnico: João Brigatti.

Sport – Luan Polli; Patric, Adryelson, Iago Maidana e Sander; Marcão, Betinho e Thiago Neves; Neílton, Mikael e Maxwell. Técnico: Jair Ventura.

Arbitragem – Wagner Reway (CBF/PB), auxiliado por Luís Filipe Gonçalves Corrêa (CBF/PB) e por Schumacher Marques Gomes (CBF/PB), com Luiz Cláudio Sobral (CBF/PE) como quarto árbitro.

VAVEL Logo