Palmeiras chega à terceira semifinal de Libertadores em quatro anos e iguala feito de dupla brasileira
Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Ainda é cedo para cravar um possível bicampeonato do Palmeiras na Libertadores, feito que não acontece no continente desde 2001 com o Boca Juniors. Mas fato é, que o alviverde se consolida como uma das principais forças continentais atualmente, após chegar a sua terceira semifinal nos últimos quatro anos.

Ao bater o São Paulo por 3 a 0 na noite desta terça-feira (17), os comandados de Abel Ferreira igualaram o feito de outras duas equipes brasileiras: o próprio São Paulo, que conseguiu emplacar três campanhas de semifinal entre 2004 e 2006, e o Grêmio, campeão de 2017 que também chegou entre os quatro melhores em 2018 e 2019.

Desde a sua primeira participação em 1961, quando inclusive foi vice campeão, o verdão já participou de sete semifinais. Até aqui, são cinco classificações à final e dois reveses. Curiosamente o algoz foi o mesmo nas duas oportunidades: o poderoso Boca Juniors eliminou o Palmeiras em 2001 e 2018, cenário que não poderá se repetir em 202  já que os argentinos estão fora da disputa.

A última vez que o alviverde ficou fora da Libertadores foi na temporada 2015. A pior campanha no período foi em 2016, quando a equipe parou ainda na fase de grupos. Após trocas de gestão e a montagem de um elenco forte, o trabalho a longo prazo levou a equipe ao segundo título da competição na última temporada.

Dudu, contratado em 2015, esteve emprestado na última temporada quando o clube chegou ao título, agora retorna na busca pelo bi.

Palmeiras na Libertadores nos últimos seis anos

2016: Eliminação na fase de grupos

2017: Palmeiras 1(4) x (5) 0 Barcelona-EQU - Oitavas de final

2018: Palmeiras 2 x 2 Boca Juniors-ARG - Semifinal

2019: Palmeiras 1x2 Grêmio - Quartas de final

2020: Palmeiras 1x0 Santos - Campeão

2021: Palmeiras x (a definir) - Semifinal

Os dados ficam ainda mais interessantes desde a chegada de Abel Ferreira, em outubro de 2020. Com o português no comando, são 10 jogos, oito vitórias, um empate e uma única derrota. A única vez que o treinador saiu derrotado inclusive, comemorou a vaga na final já que mesmo perdendo para o River Plate-ARG, o Palmeiras conseguiu a classificação pela vitória no duelo de ida.

Após conseguir vencer o São Paulo na Libertadores pela primeira vez e emplacar mais uma semifinal, o Palmeiras terá a oportunidade de seguir quebrando marcas históricas no futebol brasileiro. Afinal, desde 1993 quando o próprio São Paulo conseguiu, nenhum brasileiro alcançou o feito do bi campeonato consecutivo na principal competição sul-americana. Para o verdão em 2021, esse é um sonho que permanece vivo.

VAVEL Logo