O Athletico Paranaense anunciou a contratação de com mais um reforço internacional. Trata-se do lateral-direito Leonardo Godoy, que chega da Argentina para qualificar o elenco do Furacão. Ele vestirá a camisa rubro-negra número 29.

Godoy foi contratado junto ao Estudiantes de La Plata e assinou por quatro temporadas com o Athletico, até dezembro de 2027.

O novo lateral athleticano chegou neste sábado (6) ao CAT Caju. No dia da reapresentação do plantel, ele teve o primeiro contato com os novos companheiros e com o técnico Juan Carlos Osorio. Também conheceu todos os detalhes do complexo rubro-negro.

“É um clube muito lindo, muito organizado. Logo que entrei, já percebi que é uma instituição muito séria, organizadíssima. Já estou ansioso para treinar, conhecer meus companheiros e me adaptar rapidamente ao plantel”, diz Leo Godoy.

Quem é Leo Godoy

Godoy iniciou sua carreira profissional no Atlético Rafaela, equipe da província de Santa Fe. Sua estreia aconteceu no dia 20 de abril de 2015, data que tem tatuada no braço direito.

Em 2016, se transferiu para o Talleres, de Córdoba, onde atuou por quatro temporadas e disputou pela primeira vez a CONMEBOL Libertadores, em 2019.

Destaque no Campeonato Argentino, Godoy foi contratado em setembro de 2020 pelo Estudiantes. Na equipe de La Plata, voltou a disputar o maior torneio do continente em 2022, quando enfrentou o Athletico nas duas partidas do duelo pelas quartas de final. Teve a oportunidade de treinar no CAT Caju e, é claro, jogar na Ligga Arena lotada.

“É um estádio maravilhoso. Assim que entramos, fui conhecê-lo e impressiona por todos os lados. A torcida foi incrível. Quando fizeram o gol, ficamos surdos por um momento. Então jogar lá como mandante, com essa torcida a favor, será uma sensação única”, afirma.

Godoy será o quarto argentino do Furacão

Léo Godoy é um lateral que tem no apoio ao ataque seu atributo de maior destaque. Na última temporada, marcou quatro gols e contribuiu com 11 assistências.

“Minhas características são mais ofensivas. Sei que sou lateral, primeiro tenho que marcar e depois ir ao ataque. Mas sempre procuro apoiar a fase ofensiva da equipe, para colocá-la em vantagem rápido. Essas são minhas maiores qualidades”, revela.

No Furacão, ele será o quarto jogador argentino do elenco, juntando-se a Lucas Esquivel, Bruno Zapelli e Tomás Cuello.