Robinho recebe sondagem de Orlando City para temporada 2018

Camisa 7 estaria da mira do ex-clube de Kaká

Robinho recebe sondagem de Orlando City para temporada 2018
Camisa 7 completou a marca de 100 jogos pelo Atlético e quer permanecer no clube (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Com a proximidade do fim da temporada e a incerteza a respeito da renovação de contrato, o nome do camisa 7 do Atlético, Robinho, começou a ser especulado em possíveis destinos do jogador na temporada de 2018. 

Um dos clubes interessados no 'pedalada' seria o Orlando City, dos Estados Unidos, onde jogava o meia brasileiro Kaká. De acordo com as informações da rádio Bandeirantes, de São Paulo, o nome do atacante foi ligado ao clube norte-americano nessa segunda-feira (7).

Robinho, em entrevista, deixou claro a sua vontade de permecer no Galo por mais uma temporada aceitando até a redução de salário se fosse necessário. De acordo com o atacante, a permanência em Belo Horizonte, além de ser vontade do jogador, teria sidoum pedido feito pela família do atacante, que assim como ele quer permanecer em Minas. 

"Eu aceitaria sim, quando há interesse de ambas as partes, é só conversar e sentar, não tem problema nenhum. O mais importante é estar feliz e fazer aquilo que gosto, que é jogar futebol".

Orlando City e Robinho ainda não conversaram a respeito da proposta,  o time dos Estados Unidos estaria oferecendo um salário de R$400 mil reais mensais, o que seria a metade do sálario atual do jogador (de acordo com especulações). 

Quem acompanha por fora as especulações de Robinho é o seu ex-clube, Santos, que tem claro interesse em levar o atacante para a Vila Belmiro novamente. 

Com o fim do mandato do atual presidente  em dezembro e as novas eleições presidencias, o destino do camaisa 7 alviengro irá depender do presidente que irá substituir Nepomuceno e do próprio jogador. 

Robinho recentemente atingiu a marca de 100 jogos com a camisa do Atlético, outro fator á favor do clube alvinegro para que conte com Robinho para 2018.

"Com certeza minha vontade é de permanecer no clube, fico feliz pela marca de 100 jogos. Ainda mais em um futebol competitivo que jogamos, para um jogador com a minha idade, que se é questionado sobre quantos jogos poderá atuar de dentro da temporada", agradeceu.