Avaí recebe Palmeiras para quebrar tabu e seguir vivo na luta pela permanência

Penúltimo colocado, Leão não vence há cinco rodadas no Brasileiro e pode acabar rodada rodada rebaixado em caso de derrota; Verdão reassume vice-liderança se sair da Ressacada com os três pontos

Avaí recebe Palmeiras para quebrar tabu e seguir vivo na luta pela permanência
Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Avaí
Palmeiras
Avaí: Kozlinski; Maicon, Alemão, Betão, João Paulo; Judson, Pedro Castro; Rômulo, Marquinhos, Maurinho; Júnior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira
Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena (Luan), Michel Bastos; Thiago Santos (Bruno Henrique), Tchê Tchê, Moisés; Dudu, Keno, Deyverson. Técnico: Alberto Valentim
ÁRBITRO: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer, todos de MG
INCIDENCIAS: Partida válida pela 36ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2017, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC; a partida começa às 20h (horário de Brasília)

Precisando de uma sequência de vitórias na reta final para se manter na Série A, o Avaí fecha a 36ª rodada contra o Palmeiras, na Ressacada, às 20h (horário de Brasília). Sem vencer há cinco rodadas no Brasileiro, o Leão joga sua chance de continuar na briga: se perder e a Ponte Preta vencer o Fluminense, às 17h, os catarinenses serão o segundo time rebaixado à Série B.

Além de toda essa pressão, o Avaí joga contra o retrospecto diante do rival desta segunda-feira (20). Nos últimos 10 confrontos entre as equipes, o Palmeiras venceu nove e empatou apenas uma. No primeiro turno, o Verdão conquistou a vitória por 2 a 0, com gols de Dudu e Deyverson. No histórico geral, em 15 jogos, somando confrontos pela Série A, B e Copa do Brasil, os paulistas venceram 12, contra apenas uma vitória do Leão, e dois empates.

Avaí tem mudança no gol e no meio-campo

O gol marcado por Júnior Dutra no último minuto diante do Cruzeiro, na rodada anterior, garantiu o empate por 2 a 2, no Mineirão, e deu um mínimo de esperança para o torcedor avaiano. Com 36 pontos, o Leão é o penúltimo colocado; no momento, quatro pontos atrás do Vitória, primeiro fora do Z-4. A Ponte Preta, 17ª colocada, ainda enfrenta o Fluminense nesta segunda-feira (20), e pode chegar aos 42 pontos. Se a Macaca vencer e o Avaí perder, o time catarinense estará rebaixado.

Em relação à partida anterior, o técnico Claudinei Oliveira deve fazer duas mudanças. Por opção técnica, o volante Wellington Simião dará vaga ao atacante Maurinho. Já no gol, Douglas está suspenso pelo terceiro amarelo, e Kozlinski voltará a ser titular após cinco meses - na ocasião, o goleiro foi desarmado ao tentar driblar Henrique Dourado, em derrota do Leão contra o Fluminense, por 3 a 0, na Ressacada.

Após essa derrota para o Fluminense, Kozlinski saiu vaiado e perdeu sua vaga como titular. Capitão do time, Marquinhos pediu à torcida que apoie o arqueiro e ao time, passando tranquilidade para que os jogadores busquem a essencial vitória na Ressacada.

"Temos que jogar, fazemos isso a vida toda e não vamos desaprender, é dar tranquilidade, especialmente para o Maurício (Kozlinski), vai jogar. Que o torcedor venha e apoie. Se perder, que vaie todo mundo, não começar vaiando dentro do jogo alguns jogadores, isso só atrapalhe. Que me vaie então, que vaie o capitão do time. Que venha para a Ressacada e nos apoie até o fim", pediu o camisa 10.

Kozlinski volta ao gol avaiano após 27 rodadas (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)
Kozlinski volta ao gol avaiano após 27 rodadas (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

Além de Douglas, suspenso, o Avaí não conta com o volante Luan e os atacante Willians e Joel - todos estão lesionados e praticamente descartados para o restante desta temporada.

Como mandante, o Leão tem a terceira pior campanha da Série A: 18 pontos conquistados em 17 jogos, com apenas três vitórias, nove empates e cinco derrotas - a última vitória na Ressacada foi contra a Chapecoense por 1 a 0, em 28 de agosto.

Sem Felipe Melo, Palmeiras vai atrás da vice-liderança

Apesar do primeiro tempo ruim, o Palmeiras melhorou na segunda etapa e goleou o Sport por 5 a 1, na rodada anterior. O resultado garantiu o objetivo mínimo do Verdão: o time disputará a fase de grupos da Libertadores. Com 60 pontos, o time não pode mais ser alcançado pelo Flamengo, que tem 53. Agora a briga dos paulistas é pelo vice-campeonato: se passar, ultrapassa o Grêmio na tabela.

Em relação à rodada anterior, o técnico Alberto Valentim não poderá contar com o volante Felipe Melo, suspenso. Para esta posição, Thiago Santos e Bruno Henrique disputam uma vaga. Os treinos táticos do Palmeiras foram fechados durante a semana, e Edu Dracena e Mayke não participaram da maioria dos treinamentos e são dúvidas. O zagueiro Mina está de volta após passar a Data Fifa com a Seleção Colombiana.

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Se Edu Dracena não estiver disponível, Luan (foto) deve ganhar sua vaga. O zagueiro, titular nas últimas duas partidas, espera ter uma sequência no time, após passar por uma lesão e por jogos não tão bons depois de ser contratado junto ao Vasco.

"O meu início (no clube) foi bom, fiz jogos consistentes, mas depois dei uma oscilada juntamente com a equipe. A gente sabe que o torcedor é totalmente paixão, e eu estava com muita vontade de dar a volta por cima. Aproveitei bem o jogo contra o Flamengo e o Sport, agora é dar sequência ao trabalho. Estou motivado, feliz e querendo marcar o meu nome no Palmeiras. Quero provar para mim mesmo que posso, quero que aconteça", disse.