Com efeito suspensivo, Léo Valencia reforçará Botafogo em clássico contra Vasco no Maracanã

Meia estava punido com gancho de quatro jogos após agressão no jogo contra o Vitória, mas o STJD deferiu o pedido alvinegro e o meia está liberado

Com efeito suspensivo, Léo Valencia reforçará Botafogo em clássico contra Vasco no Maracanã
(Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

O Botafogo terá um reforço importante para o clássico diante do Vasco da Gama, neste sábado (14), no Maracanã. O chileno Leo Valencia, que estava suspenso, vai para o jogo. O departamento jurídico do Glorioso conseguiu o efeito suspensivo para o jogador atuar no clássico. 

O meia foi enquadrado no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), devido à expulsão nos últimos minutos da partida contra o Vitória. Na última terça-feira (10), o jogador foi punido pelo STJD, que agora voltou atrás e deferiu o recurso do clube carioca. 

De acordo com a súmula do árbitro Eduardo Tomaz, Valencia deu “pontapés” e “excedeu a força” permitida, o que levou à expulsão e punição de 4 jogos. O lance foi com o meia Ramon, que após belo drible foi derrubado e na queda acertou Leo Valencia. O chileno revoltado revidou e acabou punido. Vale ressaltar que um jogo já foi cumprido, diante da Chapecoense, na última quarta-feira (11). 

Os outros jogos seriam Vasco, Corinthians e Avaí, mas com o recurso aceito, não se sabe se o chileno cumprirá nesses jogos. Contra o Cruzmaltino é certo que o meia atuará. O STJD ainda não marcou uma nova audiência para definir a situação do atleta no caso. 

O jogador se reapresentou na última quinta-feira (12) após servir a seleção chilena nas Eliminatórias para a Copa, na qual o Chile não se classificou. Valencia se torna mais uma opção para Jair Ventura, que já não poderá contar com Matheus Fernandes, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. 

Botafogo e Vasco se enfrentam neste sábado (14), às 19h, no estádio Mário Filho, o Maracanã, pela 28º rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso visa se firmar na zona de classificação para a Libertadores, enquanto o Gigante da Colina quer se ver mais longe do Z-4 e se aproximar do G-6