Cruzeiro recusa proposta de clube árabe, e Thiago Neves permanece na Raposa

Diretoria celeste não aceitou o valor oferecido pelo Al Hilal, cerca de 11 milhões de reais, pelo camisa 30

Cruzeiro recusa proposta de clube árabe, e Thiago Neves permanece na Raposa
Foto: Marcelo Zambrana/Light Press/Cruzeiro

Uma proposta do futebol árabe chegou nesta quarta (24) às mãos do Cruzeiro para retirar o meia Thiago Neves da Toca da Raposa, mas o clube mineiro não aceitou. O Al Hilal, da Arábia Saudita, ofereceu 3,5 milhões de dólares (cerca de R$ 11 milhões), mas não foi suficiente para o jogador deixar a equipe celeste.

O empresário do jogador, Leandro Lima, entregou à Raposa a oferta do time árabe, cuja análise ficou nas mãos do presidente do clube, Wágner Pires de Sá, e do vice-presidente de futebol da instituição, Itair Machado. Eles estiveram acompanhados do próprio meia para decidir seu futuro.

“Nosso torcedor tem nos passado uma confiança muito grande. Só neste mês de janeiro, tivemos quase cinco mil novos Sócios do Futebol e no jogo de abertura da temporada tivemos um público superior a 40 mil pessoas. Tudo isso nos motiva ainda mais a investir na manutenção e qualificação da equipe”, afirmou Wagner Pires de Sá. 

“Trata-se de um jogador extremamente identificado com Clube. Ele está bastante satisfeito aqui e tem projeto de conquistar títulos nesta temporada junto com todos nós aqui”, comentou Itair Machado.

Itair Machado e Wagner Pires de Sá acertaram permanência de TN30 (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

O meia chegou ao Cruzeiro no ano passado e tem contrato com o clube até dezembro de 2019. Thiago foi o grande nome da Raposa em 2017, com 59 jogos realizados, 17 gols e 14 assistências. Além de principal garçom do time ao longo da temporada, foi ainda o artilheiro do time em jogos oficiais.

Thiago foi eleito o melhor meia do Campeonato Brasileiro do ano passado ao lado de Hernanes, do São Paulo. O atleta é uma das peças mais importantes do elenco de Mano Menezes e tem uma multa de 32 milhões de reais.

Equipes pelas quais passou Thiago Neves:
Paraná (2003 a 2005), Vegalta Sendai-JAP (2006), Fluminense (2007 e 2008), Hamburguer SV (2008), Fluminense (2009), Al Hilal (2009/10), Flamengo (2011), Fluminense (2012 e 2013), Al Hilal (2013/14 e 2014/15), Al Jazira (2015/16) e Cruzeiro (2017).