Ídolo a casa torna: após 10 anos, Marcão retorna ao Maracanã para defender o Fluminense

Última vez que Marcão defendeu o Fluminense no Maracanã foi em 2006, na última rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Palmeiras

Ídolo a casa torna: após 10 anos, Marcão retorna ao Maracanã para defender o Fluminense
(Foto: Divulgação/Fluminense)

Não será apenas uma rodada de Campeonato Brasileiro. O duelo entre Fluminense e Atlético-PR, nesta terça (15), válido pela 35ª rodada, terá sabor de reencontro para a torcida e principalmente para Marcão, técnico interino nesta ocasião. Após 10 anos, será o retorno do ídolo ao Maracanã defendendo as cores do clube. Ainda sonhando com o G-6, o Tricolor ocupa a 9ª colocação com 48 pontos, três a menos que seu rival, o primeiro na zona à Libertadores.

Anteriormente, o Fluminense acabara de vencer o Santa Cruz por 2 a 1, no Arruda, pela penúltima rodada do Brasileirão, afastando assim as chances matemáticas de rebaixamento. Sabendo disso, o clube já planejava 2007 e o ciclo de muitos jogadores chegaria ao fim - Marcão era um deles. No dia 3 de dezembro, o volante entrou em campo pela última vez com a camisa tricolor, contra o Palmeiras, no Maracanã.

Partida ruim e desinteressante. Era o duelo entre uma equipe sem chance de cair contra outra sem expectativa por classificação à Libertadores. Terminou no morno empate por 1 a 1, gols marcados por Cláudio Pitbull para o Fluminense e Michael para Palmeiras. Os times ainda teriam um jogador expulso, cada: Thiago Silva para os cariocas e Enílton para os paulistas.

Com o término do Campeonato Brasileiro, foi anunciada a descontinuidade de dois jogadores queridos pela torcida - Marcão e Tuta - visando uma reformulação no elenco. Na época, o volante recebeu uma proposta para jogar no Vasco na temporada seguinte, mas preferiu migrar para a Cabofriense.

Esta será a primeira vez que Marcão será técnico do Fluminense no Maracanã. Anteriormente, após a saída de Eduardo Baptista, no início do ano, ocupou o cargo em duas ocasiões: nas vitórias contra o América por 1 a 0 e contra o Friburguense por 2 a 1, ambas no Campeonato Carioca. O duelo contra o Atlético-PR será às 17h.

Ficha técnica: Fluminense 1 x 1 Palmeiras - 03/12/2006

Fluminense: Ricardo Berna; Rissutt (Radamés), Thiago Silva, Roger Machado, Bruno Ferraz (Anderson); Marcão, Arouca, Romeu, André Moritz (Alex Terra); Beto, Claudio Pitbull; PC Gusmão.

Palmeiras: Sérgio; Thiago Gomes, Nen, Dininho; Wendel (Roger Bernardo), Amaral, Michael, Francis, Marcinho (Cláudio); Valdivia, Enílton; Jair Picerni.

Gols: Cláudio Pitbull, 1-0, 3'/1T; Michael, 1-1, 36'/1T

Cartões amarelos: Dininho, Wendel, Francis, Valdívia, Enílton (Palmeiras)

Cartões vermelhos: Thiago Silva (Fluminense), Enílton (Palmeiras)